Revista Renascer

rotina de oração
Gerações

Como criar uma rotina de oração em família em tempo de pandemia?

O ano de 2020 foi marcado pela pandemia da COVID-19, e quase todos os países foram atingidos pelo caos causado pelos efeitos do vírus. Milhares de pessoas perderam a vida, outras ficaram doentes, uma crise econômica se estabeleceu e muitos ficaram desempregados. A nossa rotina foi totalmente transformada, pois todas as pessoas foram atingidas de forma direta ou indireta. Ainda estamos nos acostumando com um novo normal, sem saber como serão os próximos meses. E as crianças, como estão enfrentando tudo isso?

Penso que as crianças foram as mais atingidas em suas emoções, pois são sensíveis, perceptivas e ao mesmo tempo, não sabem lidar com tantas sensações. Elas tiveram a sua rotina transformada de uma hora para outra, e todas as opções de atividades infantis foram interditadas.

Escolas, parques, igrejas, cinemas, todos tiveram que se adaptar e conviver com a preocupação e ansiedade dos pais (que muitas vezes não sabem como atenuar os efeitos da pandemia). Algumas famílias perderam amigos e entes queridos, tiveram que ficar isoladas e muitos ainda estão enfrentando até mesmo a violência dentro de casa.

O fato é que o nosso conforto e esperança para tempos tão difíceis vêm da nossa fé em Cristo Jesus. É a promessa que está na Bíblia – Palavra de Deus – que possui  o poder de acalmar a nossa alma e nos dar esperança de dias melhores.

“Quando Cristo morreu na cruz, nossas esperanças começaram; quando Ele se levantou, elas foram confirmadas; quando Ele se elevou, elas começaram a se cumprir; quando Ele vier pela segunda vez, elas serão realizadas” (Charles Spurgeon).

Jesus é a nossa esperança! Precisamos fortalecer os vínculos familiares e ensinar nossas crianças a confiarem e descansarem no Senhor, aproveitando cada oportunidade para levar os pequeninos a uma experiência de fé.

Em Romanos 10:17 é dito: “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela Palavra de Deus’’. Dessa forma, as crianças aprendem a partir daquilo que veem e escutam. Para ensinar uma criança a orar, os adultos precisam ter uma rotina de oração, que nada mais é do que falar com Deus, abrir o coração e expressar sentimentos. Sempre falo essa frase quando convido as crianças a orarem.

Sugiro então algumas dicas para estabelecer uma rotina de oração com as crianças durante a pandemia, dentre elas:

– Escolher uma hora e um lugar aconchegante. As crianças apreciam rotina e amam ouvir histórias. Que tal antes de dormir você contar uma história bíblica para o seu filho (a)? Não esqueça de utilizar linguagem e material adequados à faixa etária.

– Ter o hábito de praticar oração de improviso, se a criança o procurar com alguma preocupação (como a que estamos vivendo no momento), pare e faça uma oração com ela.

– Fazer orações de agradecimento (antes das refeições, após um passeio legal, etc.). Gratidão alegra o coração de Deus.

– Direcionar a atenção da criança para a adoração a Deus: mostre a ela como a criação do todo poderoso é perfeita, como um pôr do sol, as flores, um ipê florido, a chuva e outros. Contemplar a natureza é uma forma de adoração, pois só um Deus tão poderoso pode criar coisas tão lindas!

– Incentive a criança a orar em voz alta e depois elogie “Muito bem! Você fez uma oração muito linda!”

– Compartilhem respostas de oração e seja um instrumento de Deus para fortalecer a fé dos pequeninos. Jesus disse: “Deixai os pequeninos, não os embaraceis de vir a mim, porque dos tais é o reino dos céus”. (Mateus 19:14).

Dessa forma, você poderá iniciar em sua casa um movimento de adoração e ação de graças a Deus, de modo a influenciar os pequeninos a perceberem a importância de uma vida diária de proximidade com o Senhor!

Como criar uma rotina de oração em família em tempo de pandemia?

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Igreja Batista Renascer.
Telefone: (62) 3202- 4968

2020 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo