O milagre de Deus em mim!

Fui resgatada desde o ventre da minha mãe. Sim! Isso mesmo, fui concebida através de um adultério, quando minha mãe, que trabalhava em uma casa de família, teve um envolvimento com seu patrão e engravidou. Após uma tentativa de aborto, fui oferecida para adoção. Deus então, em sua infinita bondade, preparou uma família do coração d’Ele que me acolheu.

Cresci, me casei e meu casamento foi o começo de uma obra linda de cura e restauração de Deus em minha vida! Eu, que havia sido rejeitada ainda no ventre, estava sendo recebida e acolhida como esposa, tendo a oportunidade de viver os sonhos do Senhor e constituir uma família.

No ano de 2004, meu esposo sofreu um grave acidente que lhe causou traumatismo craniano, hemorragia interna, além de uma lesão no cérebro que afetou a região da fala. Nessa ocasião, pude ver que Deus operou um grande milagre, por meio da restituição completa da  sua saúde, sem quaisquer sequelas. Depois disso, decidimos que estava na hora de aumentarmos a nossa família. Foi nesse momento que me deparei com um terrível diagnóstico que destruiria os nossos planos e sonhos: Endometriose.

Sofri anos a fio com muitas dores físicas e emocionais. Fui submetida a duas cirurgias para retirada dos focos de Endometriose que sempre voltavam. Minha vida se resumia a cólicas fortíssimas e idas frequentes para a  emergência. As dores eram tão intensas, quase ao ponto de ser necessária a aplicação de morfina. Tive que abrir mão do meu trabalho e junto com a Endometriose, recebi  o diagnóstico de infertilidade.

Depois de anos de muito desgaste físico e emocional, em meio a uma crise de dor intensa, ainda no pronto-socorro, decidi que, já que não poderia gerar, eu iria retirar o útero, pois já não tinha mais estrutura física, muito menos emocional para mensalmente passar por aquele calvário de dores.

Depois de um período de oração, entendemos que não era da vontade do Senhor que eu fizesse a retirada do meu útero. Após muitas dores, muito choro e orações derramadas aos pés do Senhor e depois de 15 anos de casada, me vi grávida de forma espontânea e sobrenatural.

O Senhor me fez gerar, me fez mãe! Achávamos que o milagre tinha sido aquela gravidez só que, mais uma vez, o Senhor nos surpreendeu. Quando o médico realizou a cesariana, ficou impressionado ao ver meu útero branco, cheio de focos de endometriose. Ele me disse que em 14 anos de profissão nunca havia visto algo semelhante e que, clinicamente falando, seria impossível aquela gestação ter chegado a 38 semanas, pois minha bolsa rompeu sem eu ter sofrido um aborto e atestou com sua própria boca: a sua filha é um milagre!

Anna Cecília chegou, o nosso milagre, nosso presente precioso. Seu nome significa ‘Graça Abundante’. O Senhor nos surpreendeu em tudo, o milagre veio completo.

Hoje sou filha, esposa, mãe! Ah, que delícia poder encher minha boca e dizer: Eu sou mãe!

Quando olho pra ela vejo o cuidado e o amor do Pai. Anna Cecília é a restituição de Deus em minha vida. Diferente de mim que não fui uma bebê esperada e amada, pelo contrário, fui rejeitada, Anna Cecília foi e é muito esperada, amada, desejada e sonhada.

Deus permitiu que ela fizesse parte de uma linhagem sacerdotal, meu sogro e meu esposo são pastores e sei que ela será levantada como uma voz profética para futuras gerações.

Deus me restaurou, me restituiu! E esse mesmo Deus é Aquele que deseja te alcançar, restaurar e estabelecer o milagre em sua vida, assim como fez em mim!

“O Senhor dá um lar à  estéril e dela faz uma feliz mãe de filhos”. (Salmos 113:9).

Núbia de Assis Oliveira Quirino

Núbia de Assis Oliveira Quirino

@nubia_quirino. Mãe, esposa, filha amada do Pai!

Você também vai gostar de ver