Revista Renascer

seja forte
Para Elas

Seja forte e corajosa

Nós mulheres temos uma missão especial que não pode ser relegada. Quando constituímos uma família, desejamos muitas coisas e, então, trabalhamos por esses alvos. Alguns valores, no entanto, são essenciais para alcançarmos nossos objetivos.

“Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares”. (Josué 1:9).

Quero compartilhar com os leitores da Revista Renascer dois exemplos de mulheres fortes e corajosas na Bíblia. O livro de Juízes nos conta a história de Débora, juíza e profetisa de Israel e de Jael, uma mulher comum.

Jabim, rei de Canãa, subjugou Israel por vinte anos e os tratava sem nenhuma misericórdia. O próprio Deus se revelou  a Débora e então, cita que uma guerra estava por vir e que Israel iria prevalecer sobre Canaã.

Baraque, o capitão do exército do Senhor, é recrutado por Débora para a batalha, mas se  acovarda diante do cenário de guerra e pede que a profetisa o acompanhe, pois do contrário, ele não iria a peleja. Por essa atitude, Débora declara que iria, mas que Baraque não receberia a honra da vitória, pois esta seria dada a uma mulher.

A guerra começa e Israel prevalece. O comandante do exército inimigo, Sísera, foge e entra em uma tenda pedindo pouso. Jael o recebe em sua tenda, lhe oferece leite e uma cama para descansar e  já exausto, adormece rápido. Então, Jael usando uma estaca e um martelo, mata o homem mais temido por Israel. Jael, em sua simplicidade, põe fim ao maior inimigo do seu povo.

Perceberam que a omissão de Baraque deu voz e poder às duas mulheres de mundos opostos?

A juíza, nunca havia antes estado em um cenário de guerra, assim como uma mulher do lar, nunca havia matado um homem.

Nessa passagem bíblica vemos o Senhor levantar mulheres em seus ministérios, independentemente de suas classes sociais. Mulheres com títulos acadêmicos e importantes cargos na sociedade, que estabelecem o Reino de justiça de Deus, como era Débora. Do outro lado, também percebemos  o Senhor usando com potência total as mulheres simples, aquelas dos lares, dando a elas grande ousadia no espírito, ao ponto de conceder a uma delas a honra de exterminar com suas próprias mãos um homem maligno em seus intentos, como vemos com o exemplo de Jael.

Débora foi levantada para anunciar e dar início a guerra, ouvir a Deus e orientar toda uma nação. Isso não é para qualquer pessoa, pois é uma grande responsabilidade! Aí entra em cena Jael, com a sua simplicidade e que realiza o ato principal da vitória do seu povo.

O fato é que não deve haver disputa entre nós mulheres, pois todas sabemos que a unidade traz a vitória. É o Espírito Santo que potencializa você, independente do rótulo que receba. O Senhor só precisa do seu coração disposto e da sua coragem em assumir a sua posição. E aí? Você está disposta?

Seja forte e corajosa

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Igreja Batista Renascer.
Telefone: (62) 3202- 4968

2020 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo