O que significa ser cheio do Espírito Santo?

Na última edição do ano da Revista Renascer, quero aproveitar o momento de reflexão para compartilhar uma palavra de ânimo e fé com os leitores. Como pastor, entendo que é tempo de nos alegrarmos em Deus e nos enchermos do Espírito Santo. Veja o que a Bíblia nos orienta:

“Não se embriaguem com vinho, pois ele os levará ao descontrole. Em vez disso, sejam cheios do Espírito”. (Efésios 5:18).

Uma das coisas que mais admiro na leitura da Bíblia Sagrada é quando começamos a entender e a descobrir coisas que antes não conseguíamos. Muitas vezes a Escritura nos traz exemplos metafóricos, com duplo sentido e não conseguimos compreender de fato a mensagem do Evangelho.

No versículo citado de Efésios, confirmamos que de fato muitas pessoas vivem embriagadas, mas não com vinho, álcool ou algum tipo de bebida que embriaga o corpo, mas com coisas que arrebatam a alma e o espírito, que embebedam os sentimentos, as emoções, as ações e até mesmo a inteligência do ser humano. É esse tipo de vinho que Paulo nos descreve.

Com tudo isso, fico pensando: qual é a razão de muitas pessoas contarem mais derrotas do que vitórias? Qual o motivo de termos um país com mais de 60 mil homicídios/ano? Por que temos tantos divórcios, inclusive dentro das igrejas? Por que há um número enorme de pessoas com depressão profunda? Sabe por quê?

Porque as pessoas estão fora de si, bêbadas, enganadas, desequilibradas e desorientadas.  Interessante destacar que a bebida alcóolica rouba a lucidez, o equilíbrio, expõe à vergonha, tira os valores e princípios das pessoas que se envolvem com ela.

A verdade é que quando estamos embebedados com o espírito do engano e da mentira, também fazemos coisas que nunca deveríamos fazer e tomamos decisões equivocadas para a nossa vida, o que pode gerar um grande dano e atraso, impedindo inclusive de cumprirmos o nosso propósito nesta Terra.

Mas, o que de fato te deixa embriagado? Você já pensou nisso? Será que é só a bebida? Não! Tem outras coisas, como por exemplo a ganância pelo dinheiro, pela fama, poder, vaidade, orgulho, soberba… tudo isso causa danos irreparáveis e deixam marcas.

Todos os dias precisamos lutar contra essas coisas do mundo. Lutar contra a razão, o orgulho pessoal, a soberba, os sofismas e enganos que vão acontecendo no decorrer da vida. A verdade é que se não vigiarmos, vamos acabar nos embriagando com tudo isso e perdendo o equilíbrio. E o que gera esse equilíbrio em nós? Somente o Espírito Santo de Deus!

“Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio”. (Provérbios 29:11).

Então, o que temos que fazer? Nos encher do Espírito Santo de Deus! É exatamente isso que Paulo está dizendo no versículo de Efésios: “Se encha d’Ele”. Cresça e floresça! Precisamos criar raízes em Deus, pois é isso que faz a diferença. A vida cristã é pontuada com coisas que permanecem, e não com coisas que perecem. Fora isso, não faz sentido.

Para ser cheio do Espírito Santo o primeiro passo é ter uma vida de oração e depois aprender a buscar em Deus as estratégias para tomar as decisões certas. Nenhum homem é maior do que a sua vida de oração. Por isso, se encher do Espírito Santo é importante, porque só assim você ficará livre da bebedice do mundo, de toda tirania satânica e de toda prisão do diabo na sua mente.

A regeneração que precisamos é produzida somente pelo Espírito Santo. Quando Ele age na minha vida e na sua, esses três pilares são atingidos:

  • Pensamento;
  • Sentimento;

Por isso, reflita comigo: como estão os seus pensamentos? Como você lida com os seus sentimentos? Você é quem manda em suas próprias vontades? Entenda: somos 100% alma e por isso, se você não permitir que seus sentimentos sejam controlados pelo Espírito Santo, você terá grandes problemas e frustrações em sua vida.

Então, repita comigo:

O meu pensamento precisa ser cativo ao trono de Deus.

Deus trabalha o meu sentimento.

Eu não vou chorar e murmurar por qualquer coisa.

A minha vontade é do Senhor e controlada pelo Espírito Santo.

A ação invisível do Espírito Santo produz resultados visíveis em nossa vida, de tal forma, que a torna diferenciada.

Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei”.
(Gálatas 5:22-23).

Portanto, termine esse ano entendendo de uma vez por todas que a sua vontade não é mais sua, e sim d’Ele. De agora em diante você só fará o que o Espírito Santo quer que você faça, pois se vivemos pelo Espírito, diz Paulo, andemos também pelo Espírito. Assim, se você permite que o Espírito Santo domine a sua vontade, seus sentimentos e desejos, com certeza você cumprirá o propósito de Deus para a sua vida de forma extraordinária!

Se disponha e tenha uma vida restaurada!

Deus te abençoe, em nome de Jesus!

Pr. João Queiroz

Pr. João Queiroz

http://[email protected]

Graduado em Pedagogia e Teologia, pós-graduado em Neuropsicologia e Psicanálise Clínica. Fez curso de Coaching, é pastor presidente da Igreja Batista Renascer.

Você também vai gostar de ver