Uma mulher aos pés do Senhor

Caros leitores, vivemos em um mundo onde as mulheres já desfrutam de muitas realizações. Mas, será que elas alcançaram todas as conquistas necessárias? Ainda não! Mas estão no caminho.

Em sua opinião, qual seria o lugar mais alto que uma mulher poderia estar? Presidência de grandes empresas? Atuando como chefe de Estado? Não! O lugar mais alto para uma mulher é estar aos pés do Salvador.

A Bíblia cita diversas mulheres extraordinárias, mas hoje quero falar de uma mulher peculiar, Maria, irmã de Marta e Lázaro, que só é citada em três ocasiões, veja:

A primeira vez que Maria é citada, está escrito em Lucas 10:38-41. Nessa passagem ela está aos pés de Jesus para aprender. A segunda vez está em João 11:32, mostra que Maria está aos pés de Jesus para chorar. Já a última vez que Maria é citada, está em João 12, onde descreve que ela está aos pés de Jesus para agradecer e demonstrar o seu amor e gratidão por meio de uma generosa oferta.

Esse texto apresenta um contraste entre a atitude de gratidão de Maria e de Judas Iscariotes. A avareza disfarçada de amor aos pobres de Judas e a oferta sacrificial de Maria descreve a verdadeira atitude de entrega a Deus.

Vale ressaltar que o gesto de Maria violou vários clichês culturais. Ela ofereceu o seu melhor a Jesus, sem se importar com o protocolo, etiqueta ou regras culturais.

Que regras ela violou? Primeiro, todos esperavam que, como mulher, ela estivesse servindo. Segundo, tocar os pés de outra pessoa era considerado algo degradante. Terceiro, Maria não apenas tocou os pés de Jesus, mas também os enxugou com os seus cabelos, sendo estes a coroa e a glória da mulher. O gesto de soltar os cabelos em público era indigno para uma mulher naquele tempo. E quarto, o caro perfume que ela derramou era um tesouro que as mulheres guardavam para suas próprias bodas, ou seja, sua festa de casamento.

O gesto de Maria, tão censurado pelos homens, foi enaltecido por Jesus!

Muito interessante que nas três ocasiões em que esta mulher é citada na Bíblia, sempre há um versículo em que a vemos aos pés do Senhor. Isto é um exemplo para nós, mulheres.

Seja no tempo de aprender, chorar ou agradecer, nosso lugar de alegria, descanso, restauração, cura e satisfação é aos pés do Senhor. Ele nos ama, compreende, sabe da nossa estrutura, nos conhece pelo nome e deseja ter conosco um relacionamento de comunhão, que nos abrirá a porta para um outro mundo, o mundo do Senhor. E a paz, que excede todo o entendimento, encherá o nosso coração.

Eu te convido a iniciar essa vida de comunhão com o Senhor, através da leitura da Palavra de Deus, oração persistente e da comunhão com os irmãos.

Acredite: com a busca contínua da Sua presença, chegaremos àquele lugar, o lugar mais alto!

Pra. Meire Aguiar

Pra. Meire Aguiar

http://[email protected]

Esposa do pastor Eudes Ferreira, mãe da Victória Lissa e do João Gabriel. Pastora na Igreja Batista Renascer do Setor Sítio Santa Luzia - Aparecida de Goiânia.

Você também vai gostar de ver