Revista Renascer

construção do caráter
Capa

O hábito na construção do caráter

Ter um caráter aprovado por Deus é extremamente importante para nós, cristãos, que queremos ter uma vida frutífera e equilibrada. O caráter é formado pela aprendizagem, e todo ser humano, a partir do seu nascimento, começa a receber influências do meio ambiente onde se encontra. Estas influências são assimiladas, e com o tempo passam a fazer parte do caráter. Esse processo é feito por identificação, imitação, punição e recompensa.

Caráter é definido como a soma de todas as influências positivas ou negativas aprendidas ao longo da vida. O caráter de uma pessoa se manifesta através de três elementos, que estão intimamente relacionados: os valores pessoais (princípios de vida nos quais a pessoa crê), o estilo de vida (seus hábitos e prioridades) e a conduta (atitudes e ações que ela toma diante das demais pessoas).

O nosso caráter é o que nos marca, define e identifica. Isso significa que o caráter tem a ver com índole, com ética, uma vez que ele designa o aspecto da personalidade referente às características morais de alguém; algo que reflete diretamente em sua conduta, pois está diretamente ligado aos seus hábitos.

Geralmente, quando dizemos que alguém é um ‘bom caráter’, estamos elogiando atitudes, como: honestidade, fidelidade, integridade, sinceridade e coisas semelhantes a estas. Por outro lado, quando queremos nos referir às pessoas que possuem atitudes opostas, dizemos que é um “mau caráter”. É comum observamos atitudes de uma pessoa “mau caráter” quando recebe poder, posição ou riqueza. Nossas atitudes podem revelar um bom ou um mau caráter. Ainda se tratando de definições, James C. Hunter diz que “Pensamentos tornam-se ações, ações tornam-se hábitos, hábitos tornam-se nosso caráter, e o caráter torna-se nosso destino”.

Bill Hybels, em seu livro: Quem é Você Quando Ninguém Está Olhando?”, afirma que um sábio disse: “Caráter é o modo como agimos quando ninguém está olhando. Caráter não é o que fizemos, mas aquilo que somos”. Essa definição é confrontadora, pois tem a expectativa de entendermos o que devemos ser, pensar e agir publicamente, da mesma forma que somos, pensamos e agimos no privado.

Qual seria sua reação se você descobrisse que a sua vida privada tivesse sido filmada na última semana, e que o vídeo seria exposto no culto do próximo domingo em sua igreja?

É óbvio que a ideia de expor a vida de alguém publicamente não condiz com o caráter de Deus. A boa notícia é que podemos crescer, transformar nossos valores, condutas, hábitos e então, o nosso caráter. Precisamos apenas ter a coragem de identificar e arrancar nossas fraquezas pela raiz, e por isso, devemos buscar a mudança em Deus, pois o seu caráter será o seu legado!

Se você identificar algo em seu caráter que não alegra o coração de Deus, se identificar hábitos que te envergonhariam ao serem expostos no tal culto de domingo, busque em Deus o arrependimento, pois Ele te ajudará na mudança de comportamento. 

Acredite: todos nós estamos na caminhada em busca de sermos uma pessoa de “bom caráter”, e desenvolver isso, requer um esforço contínuo. No entanto, há uma importante lição que precisamos aprender – não podemos mudar a nós mesmos. Na verdade, tentar trazer a mudança por nossa própria força, nos levará a grandes frustrações.

A única maneira de mudarmos o nosso caráter é desfrutando de um relacionamento íntimo com Deus e seguir o que está escrito em Filipenses 4:6 -9: “Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido. E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus.  Por último, meus irmãos, encham a mente de vocês com tudo o que é bom e merece elogios, isto é, tudo o que é verdadeiro, digno, correto, puro, agradável e decente. Ponham em prática o que vocês receberam e aprenderam de mim, tanto com as minhas palavras como com as minhas ações. E o Deus que nos dá a paz estará com vocês”.

Como disse o pastor João Queiroz: “Os talentos atraem os homens, mas o caráter atrai Deus”.

O hábito na construção do caráter

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Igreja Batista Renascer.
Telefone: (62) 3202- 4968

2020 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo