Qual a forma mais eficiente de estudar a bíblia?

“Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade”  (2 Timóteo 2:15).

A Bíblia Sagrada é uma pequena biblioteca composta por 66 livros organizados em um único volume, sendo esses divididos em 39 livros do Antigo Testamento e 27 do Novo Testamento. Todos esses livros foram escritos há séculos atrás, e por isso, encontramos bastante dificuldade para compreendermos o que está escrito, uma vez que precisamos superar uma série de abismos linguísticos, já que o Antigo Testamento foi escrito em hebraico e o Novo Testamento em grego.

Como se não bastasse, ainda temos que superar as diferenças culturais, geográficas e históricas. Assim sendo, para que tenhamos uma interpretação correta e eficiente da Bíblia, é necessário dedicarmos tempo e esforço.

Antes de adentrar nas dicas de estudo para obtermos mais eficiência ao estudar a Bíblia,  quero fazer 5 observações importantes:

  • Quanto mais você puder se preparar e se capacitar teologicamente para estudar as escrituras, melhor. No entanto, a Bíblia não é um livro apenas para teólogos, mas um livro para todos.
  • Esmere-se em conhecer a Deus através da Sua Palavra. Quanto mais você conhece a Bíblia, mais você conhece Deus.
  • Existem muitos falsos mestres (lobos) pregando a Bíblia dentro e fora das igrejas. Se você não conhecer de forma profunda a Palavra de Deus, você será uma presa fácil para tais.
  • A Bíblia é inerrante e infalível. Inerrante, porque não contém erros. Infalível, porque ela é perfeita e não falha em nada em que se propõe ou promete em seus escritos.
  • Tem coisas na Bíblia que nem o maior teólogo do mundo, ou até mesmo o Apóstolo Paulo conseguiriam explicar, porque somos limitados e Deus é ilimitado.

Frente a isso, passarei a dar algumas dicas que acredito que serão úteis para uma boa compreensão da Bíblia. Para sermos didáticos, enumerei  uma a uma, tecendo breves comentários de modo a facilitar sua compreensão. Vejamos:

  • Orar pedindo a Deus que lhe abra o entendimento e capacite: a Bíblia é um livro humano, porque foi escrito por homens, mas também é espiritual, porque apesar de cada livro ter sido escrito por alguém, sabemos que esses homens foram inspirados pelo Espírito Santo. A origem de cada palavra bíblica está no próprio Deus. Diante disso, sabedores de que em nós habita o mesmo Espírito Santo que inspirou os autores bíblicos, temos, com relação a Bíblia, uma vantagem no que diz respeito a lermos outros livros, uma vez que, ao lermos a Bíblia, temos o seu autor (Espírito Santo) conosco nos capacitando a entendermos o que ele mesmo inspirou seus autores a escreverem. Por isso, diferentemente de outros livros, não devo apenas pegar a Bíblia e começar a ler como faço com os demais, mas devo antes orar pedindo a Deus que me ilumine de forma que eu tenha uma compreensão correta do que será lido. Uma observação é que o fato de pedirmos a iluminação de Deus para entendermos os textos bíblicos, não nos exime da obrigação de dedicarmos tempo estudando e lendo bons livros e autores que nos ajudam nessa compreensão.
  • Tenha um horário e lugar confortável reservado para estudar a Bíblia: muitas pessoas quando vão ler a Bíblia, o fazem de forma relaxada. Leem quando sobra um tempinho, ou realizam a leitura sempre na correria e quase sempre deitado no sofá, em uma posição torta, com a televisão ligada, celular tocando a todo momento ou  quase no horário de ir dormir. Ao ler a Bíblia, você estará lendo o livro mais importante da sua vida. Ciente disso, estabeleça um horário em que você não estará com sono, prepare uma mesa com espaço para apoiar a sua Bíblia e materiais de apoio e sente-se confortavelmente para que você possa desfrutar do aprendizado enquanto lê.
  • Antes de ler qualquer livro bíblico, procure conhecer um pouco o contexto em que o livro foi escrito: a Bíblia foi escrita dentro de um contexto totalmente diferente do nosso. Diante disso, sempre que for lê-la, procure conhecer melhor o contexto em que aquele determinado livro foi escrito. Procure saber o ano em que foi escrito, quem foi o autor, qual o pano de fundo histórico da época, o que o autor pretendia ao escrever o texto, quem era o público para o qual aquele texto foi escrito, etc. Ao fazer isso, você terá uma compreensão muito mais ampla do texto.
  • Adquira uma boa Bíblia de estudo: existem textos bíblicos que realmente são bem complexos. E é exatamente quando nos deparamos com textos assim, que uma boa Bíblia de estudo nos é muito útil, uma vez que ela conterá notas de rodapé que esclarecem tais textos. Além do mais, lembra da dica anterior (nº 3)? Então! Nas bíblias de estudo você encontrará todas aquelas informações logo no início de cada livro, o que facilita muito seu trabalho de pesquisa e aprendizado. Particularmente, indico a Bíblia de Estudo de Genebra, uma vez que ela é bastante direta, objetiva e teologicamente cuidadosa ao fazer os comentários.
  • Uma boa versão que lhe proporcione um bom entendimento: alguns anos atrás, as Bíblias tinham uma escrita bastante arcaica, muito complexa e de difícil compreensão. Mas atualmente temos uma quantidade enorme de versões dos escritos bíblicos com linguagens bastante contemporâneas e que facilitam muito o nosso entendimento. Diante disso, encontre uma boa versão que lhe facilite o entendimento e utilize-a. Para obter um resultado ainda melhor nos seus estudos, encontre pelo menos 3 versões diferentes que lhe agrade e leia os textos nas 3 versões. Indico a Nova Versão Transformadora (NVT), Almeida Revista e Atualizada (ARA) e Almeida Revista e Corrigida (ARC). Mas existem diversas versões. Pesquise e escolha a que mais lhe agradar.
  • Leia a Bíblia de forma metódica: cada livro ou carta da Bíblia deve ser lido de forma metódica. Muitas pessoas não a compreendem bem porque a leem de forma errada. Muitos leem os textos isolados de seus contextos. Por isso, para ter uma compreensão correta é necessário ler cada livro ou carta, iniciando no capítulo 01, versículo 01 e seguir sucessivamente até o final, do mesmo modo que você leria qualquer outro livro.
  • Procure ajuda de pessoas que já estudaram um pouco mais e fizeram seminário: se você conhece alguém que tem um bom conhecimento bíblico, conte sempre com a ajuda dessa pessoa para lhe auxiliar. Tal pessoa poderá lhe ser muito útil para tirar dúvidas. Existem homens e mulheres de Deus que dedicaram muito tempo estudando e conhecendo a Bíblia e que podem acrescentar muito conhecimento às nossas vidas. Procure alguém assim e aprenda com ela.
  • Adquira livros e comentários bíblicos de bons autores: existem muitos homens e mulheres que dedicaram suas vidas a estudarem a Bíblia e escreverem livros para facilitar a nossa compreensão das E Vá até uma boa livraria e adquira bons livros de estudo. Eu indico a coleção Comentários Expositivos Hagnos do Rev. Hernandes Dias Lopes.

Enfim, muitas outras dicas poderiam ser dadas para sermos mais eficientes no estudo da Bíblia. No entanto, creio que os que foram expostos já lhe serão muito úteis e, com certeza, lhe ajudará muito a ter uma melhor compreensão da Bíblia.

Leia e medite diariamente nas Escrituras e que Deus lhe abençoe nessa magnífica e constante jornada.

Ralfe Fernandes

Ralfe Fernandes

Bacharel em Direito, Teologia e Pastor do Ministério RAD (Renascer Adolescentes) da Igreja Batista Renascer.

Você também vai gostar de ver