Revista Renascer

natal
Artigos

Afinal, o que é o Natal?

Chegamos em uma das épocas mais esperadas do ano: o Natal! Mas será que realmente essa é a data do nascimento do menino Cristo Jesus? E o símbolo do Natal? Será que é aquela velha conhecida árvore em formato de cone? Será que essa data não é apenas um dia onde a economia movimenta bilhões de dólares todos os anos? Com esse artigo gostaria de trazer esclarecimentos sobre o que é o Natal e como surgiu essa comemoração.

Segundo Ron Allen, fundador do ministério Star Bible Society, a data tradicional do Natal comemorado no dia 25 de dezembro era o marcador do solstício de inverno, uma celebração que comemorava o nascimento de Saturno, um deus pagão, da “semente de uma mulher”. Essa festividade tinha a duração de quatro dias, onde ninguém trabalhava. Além disso, também fazia parte da tradição, dar presentes e visitar os amigos. Foi em 273 d.c que o imperador Aureliano estabeleceu o dia do Natalis Solis Invicti (nascimento do Sol invencível), justamente no dia 25 de dezembro.

Nessa época eram inseridas nos portais e interiores das casas uma decoração com ramos verdes, para que quando ‘o deus sol tornar-se forte novamente’, a primavera também retornasse com força total. Segundo o site Megacurioso, era como se essa decoração fosse um amuleto para que houvessem dias mais agradáveis.

Os antigos romanos também decoravam com ramos os seus templos no festival da Saturnália, feito em honra a Saturno, o deus da agricultura, a fim de atrair fartura para as plantações.

O fato é que hoje o Natal é uma data esperada por muitos, marcada por luzes festivas, decorações cada vez mais glamorosas, confraternizações e compras de produtos de diversas categorias.

A revista Exame, do dia 06 de dezembro de 2018, levantou que 72% dos brasileiros naquele ano presentearam alguém no Natal. A revista também mostrou que em 2018, o Natal movimentou a economia do nosso país em R$:53,5 bilhões de reais, tornando-se, portanto, uma das principais datas para a movimentação da economia brasileira.

Sabendo da grande contribuição do Natal para a economia, que dia 25 de dezembro não é a data exata do nascimento de Cristo Jesus (o que também não se sabe ao certo quando seria), e ainda que a origem comemorativa do Natal procede de festas pagãs, quero te perguntar: o que podemos refletir sobre o Natal?

O clima de natal pode ser definido como entusiasta e provocativo. Entusiasta porque sabemos que vamos unir familiares e amigos, com quem talvez tivemos dificuldade de estar durante grande parte do ano. Provocativo porque as reuniões natalinas podem gerar acordos em relacionamentos adoecidos, ou até mesmo reconciliações em relações perdidas.

Infelizmente muitos de nós não compreendemos as verdadeiras oportunidades que podemos tirar do Natal. O mais importante é que nessa época do ano, resgata-se o maravilhoso ato de sermos gratos, valorizando a comunhão e o amor entre as pessoas.

O maior presente e a maior reflexão do Natal é estarmos todos juntos, agradecendo ao nosso Pai e Criador pelo maior presente que nos foi dado, que é Cristo Jesus. Ele nos trouxe vida e salvação, e isso é maravilhoso!

“Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo”. (Efésios 5:20).

Portanto, nesse Natal, celebre, alegre-se e permita-se construir este clima dentro de você! Meu desejo é que tenha em sua família e em sua casa, paz, harmonia, coração aberto para as pessoas e luz de Cristo!

Aproveite o momento! Feliz Natal e um excelente Ano Novo!

Afinal, o que é o Natal?

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Igreja Batista Renascer.
Telefone: (62) 3202- 4968

2019 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo