Desigualmente unidos: O que a Bíblia diz sobre jugo desigual?

“Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? ” (2 Coríntios 6:14).

            Dentro do contexto espiritual, frequentemente a Bíblia utiliza de metáforas e analogias para transmitir princípios cristãos importantes. Uma dessas metáforas é o “jugo desigual”, mencionado em passagens bíblicas que exploram a ideia da união e associação desigual entre indivíduos de diferentes convicções ou propósitos.

Mas, você sabe como identificar o jugo desigual na atualidade? Já refletiu como podemos evitar as consequências de uma escolha errada, em um tempo que as influências das redes sociais nos cercam a todo momento?

O fato é que, ao nos relacionarmos, precisamos observar e avaliar a vida da pessoa na totalidade, afinal de contas, a decisão para um futuro matrimônio precisa ser tomada com base em conceitos sólidos e na não negociação de princípios e valores. Nesse sentido, a tarefa de escolher alguém e observar se está tendo um jugo desigual parece difícil, pois isso pode envolver necessidades físicas, emocionais e até mesmo financeiras.

Algumas pessoas tentam encontrar no outro, algo que lhe falta, e geralmente esse é um grande erro e também o primeiro passo para o jugo desigual. Em via de regra, essas pessoas sempre foram carentes, ou tiveram uma vida de grandes necessidades sentimentais e  financeiras. Por outro lado, nos dias atuais as escolhas por padrões físicos e sociais (muitas vezes enganados pelas redes sociais) tem deixado muitos a não ver que realmente existe um jugo desigual no relacionamento.

O jugo é desigual quando ambos não andam na mesma direção. Aqui, vale ressaltar a vida espiritual (se é compatível); a vida familiar de ambos (como é o relacionamento com os pais, por exemplo); a vida social (como se comportam); a vida financeira (como lidam com o dinheiro, se é generoso (a) ou egoísta); entre outros fatores que precisam ser analisados.

A Bíblia nos adverte sobre o jugo desigual, conforme mostrado no versículo citado, destacando a importância de não estabelecer uma parceria espiritual, emocional ou social com aqueles que têm crenças e valores fundamentalmente diferentes. A união desigual pode resultar em conflitos, desequilíbrios e dificuldades na busca de objetivos comuns.

Portanto, a Palavra de Deus nos aconselha a buscar parceiros que compartilhem da mesma fé e princípios, a fim de preservar a harmonia espiritual e evitar obstáculos no caminho da comunhão com o Senhor.

Assim, quando os olhos ou o coração querem nos enganar, devemos tomar cuidado e como pessoas cristãs, precisamos ver com os olhos de Deus o que Ele deixou para cada um escolher, porque da colheita ninguém escapa.

Fabiana de J. M. Andrade

Especialista em Terapia Cognitiva Comportamental e Terapia de Esquemas. CRP 14/05127-2

Você também vai gostar de ver

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x