Revista Renascer

pai de família
Hombridade

Pai de família

Ser pai de família é mais do que carregar um título de pai, é cumprir uma missão dada por Deus. Não é uma tarefa fácil, mas é gratificante demais poder ser o provedor do lar, dar instruções para os nossos filhos e desfrutar de uma família saudável.

Hoje muitos pais de família estão deixando a desejar em suas responsabilidades dentro de casa. São homens guerreiros, trabalhadores, gente de bem, que levam todos os dias alimentos para dentro de casa, porém estão se esquecendo de dar a atenção devida para sua esposa e seus filhos.

Infelizmente vemos muitos filhos órfãos de pais vivos, que foi o meu caso. São estes mesmos pais, guerreiros e trabalhadores, que ao chegarem em casa cansados, não tem tempo para sua família e não investem tempo com seus filhos. A responsabilidade nossa não é só em prover alimentos e pagar contas, vai muito além disso.

Precisamos ficar atentos ao comportamento dos nossos filhos, saber como foi o dia deles, como foi na escola, quem são os seus amigos, observar como estão as suas emoções, se estão tristes ou algo do tipo, pois não adianta nada ter alimentos em abundância, contas pagas em dia e não ter sua família do seu lado, pois a família é o bem mais precioso para um homem.

Me lembro da primeira vez que fui a escola do meu primeiro filho (Isaque). Eu, por exemplo, não tinha essa preocupação, eu só pensava em trabalhar, trabalhar e trabalhar, sempre dando desculpas e colocando dificuldades. Mas um dia fui tocado pelo Espírito Santo e decidi obedecê-lo. Pedi permissão para o meu chefe e disse que precisava ir na apresentação do meu filho na escola, ele me disse: “você não pode sair”, mesmo assim eu disse para ele que era muito importante para mim e fui. Chegando na escola quase no final da apresentação eu vi de longe o meu filho sentado em um canto muito triste, enquanto alguém chamava o nome dos pais. “Agora o papai do…” aí a criança entregava um presente para o pai. Quando ele me viu abriu um sorriso, se levantou e foi para a fila. Quando chamou no microfone o papai do Isaque, fui até ele e chorei demais.  Isaque nunca se esqueceu disso.

Fomos escolhidos para marcar a vida dos nossos filhos, para sermos seus melhores amigos, para inspirá-los, motivá-los  e para dar uma palavra de Deus nas horas difíceis. Você, pai de família, lê a Bíblia? Se não, certamente seus filhos também não vão ler. Você reclama toda vez que vai à igreja? Certamente seus filhos também terão dificuldades em cultuar. Não apenas cobre deles, pegue na mão e caminhe junto com eles.

Um dia perguntei para minha esposa e para os meus filhos: que nota vocês me dão como pai de família? O resultado foi assustador, eu não imaginava que fosse tão ruim, mas foi muito bom ouvir isso, pois melhorei como marido e pai e me aproximei muito mais deles.

Hoje temos um dia da semana para passear ou fazer um lanche juntos. Todos os dias eu peço a Deus uma nova estratégia para marcar a vida deles.

Portanto pais, cuidem de suas famílias, assumam as responsabilidades do seu lar e desfrutem de momentos únicos.

Que Deus lhes dê muita sabedoria e graça para conduzir sua casa!

Pai de família

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Igreja Batista Renascer.
Telefone: (62) 3202- 4968

2019 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo