Revista Renascer

lançando as redes
Testemunhos

Lançando as redes em tempos de crise

Em tempos de crise, como empresários no ramo da Moda em Goiânia- Goiás, quero compartilhar com vocês, caros leitores da Revista Renascer, como estamos buscando em Deus estratégias e ações para sobreviver em meio a tantas dúvidas, incertezas e adversidades.

Para começo de conversa, quero falar um pouco sobre o título deste testemunho: “Lançando as redes em tempos de crise”. Nesse contexto, só consigo me lembrar da passagem bíblica sobre a pesca maravilhosa de Lucas no capítulo 5, versículos 3 ao 7, quando o Senhor Jesus fala para Simão lançar as redes, mesmo depois de ter feito isso a noite inteira sem alcançar êxito. Mesmo assim, Simão, obedecendo a palavra de Jesus, lançou as redes e o resultado foi simplesmente surpreendente e maravilhoso. As redes de pesca se romperam, de tanto peixe! Veja que incrível!

“E, entrando num dos barcos, que era o de Simão, pediu-lhe que o afastasse um pouco da terra; e, assentando-se, ensinava do barco a multidão. E, quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar. E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede. E, fazendo assim, colheram uma grande quantidade de peixes, e rompia-se-lhes a rede. E fizeram sinal aos companheiros que estavam no outro barco, para que os fossem ajudar. E foram, e encheram ambos os barcos, de maneira tal que quase iam a pique”. (Lucas 5:3-7).

Lançar as redes em tempos de crise é extremamente exaustivo. Crise tem a ver com escuridão, com mar revolto, tempestade e medo. Como empresários, é claro que sentimos e passamos por tudo isso. No entanto, mesmo quando tudo parecia não ter jeito, nós da Lipece Moda Infantil, nunca deixamos de lançar as redes, mesmo nos tempos mais difíceis. Temos uma fé inabalável e sempre ouvimos a voz do Mestre, pois é Ele que nos prepara e nos conduz.

Lembro-me de quando começamos a pensar em criar a Lipece. Eu, Greyse, já tinha dois filhos, um menino de 5 anos e uma menina de 1 ano. Eu havia parado com os atendimentos de fisioterapeuta para me dedicar a maternidade, e foi então que um sonho de infância falou mais alto e o meu coração se encheu de alegria! O meu sonho era aprender a costurar com a vovó. Dessa vez, eu pedi a ela tão insistentemente, que ela não me negou a ensinar. Comprei máquinas, linhas e tecidos. Comecei a fazer vestidos para a minha filha e fui aperfeiçoando.

Nesse tempo, meu marido me olhou com olhos empreendedores e visualizou uma marca infantil. Lembre-se, os olhos do Senhor estão sempre sobre você, pois Ele se importa com os seus sonhos e desejos. Então, criamos a Lipece: Lipe de Felipe e Ce de Alice, a junção do nome dos nossos filhos. A criação dessa empresa sempre esteve ligada com o propósito de não somente trazer benefícios próprios, mas também que fosse uma marca que impactasse o mundo. O nosso propósito é sempre reverter parte de nossas vendas em ações que ajudam crianças carentes, e assim temos feito, pela graça de Deus!

Em nossa primeira coleção, vivemos a nossa primeira crise, pois tivemos a primeira rede vazia. A produção das peças não ficou como o planejado e tivemos que abortar, tendo assim um prejuízo enorme. O medo, a incerteza e a dúvida bateram em nossa porta, no entanto, ao invés de paralisar e desistir do sonho, Deus nos deu uma nova estratégia e dessa forma, lançamos novamente as redes e abrimos a nossa primeira loja de atacado e varejo, com a coragem e a garra dada pelo Senhor!

Foi assim, em menos de 1 ano, que abrimos a nossa segunda loja, 100% atacado. Em menos de 4 anos de marca, abrimos a loja varejo em um dos maiores shoppings do Estado de Goiás, no Passeio das Águas Shopping, na cidade de Goiânia. Deus realmente nos surpreende com Seus planos!

Meu esposo sempre diz a seguinte frase: “se eu morrer, que seja atirando”. Então, a nossa principal estratégia, mesmo em meio às dificuldades e crises, é atirar as nossas redes, redes de fé, coragem, inovação, conhecimento, sabedoria e empatia. Entenda: Deus nos dá sempre as redes certas para os momentos mais difíceis, basta você abrir os seus olhos, olhar para o lado, crer e agir! Nada irá acontecer se você somente murmurar e não partir para a ação!

A verdade é que lançar as redes é bem desafiador, em tempos de crise então, é aterrorizante. Nesse momento, infelizmente vemos muitos amigos empresários que estão paralisados em meio ao colapso financeiro que o país está enfrentando. O fato é que viver na crise é como entrar na escuridão e tentar encontrar uma saída, no entanto, lançar as redes é uma decisão de fé e coragem, é arrancar as correntes do medo, da razão e das incertezas e olhar além das circunstâncias, assim como fez Simão quando obedeceu a voz do Senhor Jesus e lançou novamente as redes ao mar.

Foi assim, que nós da Lipece tentamos agir: com a fé e a coragem dada por Jesus Cristo!

Nesse momento, estamos de frente com a crise da quarentena, mas como temos uma firme fé Naquele que criou os nossos dias, continuamos com a força de lançarmos as redes de novas estratégias para conquistar o novo mundo que está nascendo.

O medo ainda existe, mas ele não nos paralisa mais, pois mesmo que estejamos no leme e o mar em fúria, sabemos quem está no controle de tudo. Sim, Deus controla o nosso universo e não cai uma folha da árvore se Ele assim não permitir.

Assim, a nossa dica para os empresários nesse momento é que aproveite a oportunidade para criar e inovar, abra a sua mente para novas estratégias, levante do seu lugar e o resto cuidará o Senhor!

Acredite: Ele se levantará, nos trará a bonança e nos direcionará para lançar as redes certas. Não pare, não desista e continue a lançar as redes.

Confie, pois as suas redes ficarão cheias de peixes ainda este ano!

Você crê?

Lançando as redes em tempos de crise

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Igreja Batista Renascer.
Telefone: (62) 3202- 4968

2019 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo