Revista Renascer Versão Digital

comportamento financeiro
Futurando

Mudando o meu comportamento financeiro

Fim de ano chegando e por mais que esse tenha sido um ano bem atípico por conta da situação que todos estamos vivendo, queremos terminar o ano bem, principalmente na área financeira. Mas, o que estamos fazendo para que isso aconteça? Tenho controlado bem os meus gastos, ou estou mais uma vez caminhando para terminar um ano endividado, sem saber o que ganho e com que gasto?

Educação financeira é algo que não faz parte da nossa cultura, por isso há uma grande dificuldade de se controlar o dinheiro em nosso dia-a-dia, e por isso, aprender a cuidar dele é mais que essencial para ter uma vida mais tranquila e equilibrada. A boa notícia é que se você ainda não conseguiu fazer isso durante esse ano, ainda dá tempo. Nesse artigo, quero te ajudar a encontrar a melhor solução para esse dilema. Vamos lá?

Utilizo um método muito simples, que irá ajudar você a se organizar financeiramente. Esse recurso é chamado de 3S:

  • Saber quanto ganho;
  • Saber quanto gasto;
  • Saber poupar.

Comece anotando toda a sua receita (ganhos) e todos os gastos. Pode ser no celular, em um caderno ou utilizar de aplicativos. É preciso fazer esse registro diariamente, e para isso, conte com a ajuda dos extratos dos cartões de crédito e contas corrente para que assim, você possa entender tudo que gasta.

Separe todos os seus gastos por categoria, como: alimentação, casa, saúde, lazer, educação, pessoal, filhos, transporte, trabalho e outros. Se você fizer isso durante um mês, saberá ao certo tudo que ganha e gasta, e só assim saberá para onde está indo o seu dinheiro.

Com essa ação, com certeza você chegará a uma conclusão: gasto mais do que ganho? Gastos e ganhos estão iguais ou estou gastando menos do que ganho? Se você gastou menos que ganha, é sinal que está no caminho certo, basta somente aprender a investir o que está sobrando. Agora se você está nas duas primeiras conclusões, esteja em alerta máxima.

O ano está acabando, mas não deixe para fazer o controle da sua vida financeira no próximo ano. Ainda dá tempo! Por isso, pare de procrastinar. Se organize, corte gastos desnecessários, renegocie dívidas, coloque metas a serem alcançadas e aprenda a investir.

Pode ser que você não termine o ano como gostaria financeiramente, mas pode mudar sim algumas atitudes para terminar o ano melhor e planejar um 2021 diferente. Se organizando agora, dá até para comprar aquele presente para você e para as pessoas que ama, claro, de forma consciente e sem gastar além das suas possibilidades. Então, vamos começar hoje a mudar a sua vida financeira? Acredite e faça!

Separei algumas dicas práticas que te ajudarão a manter a organização em suas finanças:

  • Tenha sonhos e metas definidos;
  • Anote todos os seus gastos;
  • Saiba realmente o que ganha;
  • Gaste sempre menos do que ganha;
  • Renegocie dívidas;
  • Corte gastos desnecessários;
  • Poupe pelo menos 10% do que ganha;
  • Acompanhe todo processo;
  • Acredite que é possível; e
  • Agradeça sempre!

“Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, e não há sucesso no que não se gerencia”. (William Edwards Deming).

Mudando o meu comportamento financeiro

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Igreja Batista Renascer.
Telefone: (62) 3202- 4968

2020 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo