Nossa missão: pregar o evangelho

É provável que muitos de nós já ouvimos algo sobre missão no contexto cristão, mas é bem possível também que o completo conceito de missionário em sua essência esteja distante da maioria das pessoas.

Segundo o dicionário da Língua Portuguesa, missão é um encargo, uma incumbência ou um propósito. É ainda uma função específica que se confere a alguém para fazer algo. É um compromisso, um dever ou uma obrigação a executar.

Para os cristãos, essa missão é propagar o Evangelho.

O missionário é aquele que tem o compromisso de divulgar a fé. É aquele que se dedica a pregar e levar a sua crença religiosa para diversos lugares, espalhando assim a Palavra do Senhor.

No Evangelho de Marcos 16:15-16, as últimas palavras de Jesus foram: “E lhes ordenou: Enquanto estiverdes indo pelo mundo inteiro proclamai o Evangelho a toda criatura.  Aquele que crer e for batizado será salvo. Todavia, quem não crer será condenado!”

Por amor a Cristo, expressamos o nosso compromisso em obediência a Sua orientação, que é: indo e anunciando as boas novas que nos foi entregue. Indo é um termo que nos remete a ação, vida e movimento, e esse desafio diário é para todos aqueles que aceitaram o Evangelho.

Se dispor a ir e anunciá-lo é uma tarefa, apesar de árdua, sempre regada a muito empenho e gratidão. Essa missão pode ser realizada utilizando certas ferramentas, como os talentos, as habilidades e as competências que cada um possui. Em outras palavras, podemos propagar o Evangelho em nosso dia-a-dia e em todos os lugares pelos quais passamos, seja na faculdade, na escola ou no trabalho. Essa é a característica do compromisso.

Um exemplo simples de compromisso que pode fazer parte de nossa rotina é quando temos a oportunidade de anunciar e falar sobre Jesus nos poucos minutos com o frentista enquanto ele abastece o nosso carro, ou na fila de hipermercado com as pessoas em nossa volta.

Não importa o lugar, comece agora a usar as oportunidades para expressar o amor de Deus.

O livro de Atos, capítulo 1, versículo 8, descreve: “Contudo, recebereis poder quando o Espírito Santo descer sobre vós, e sereis minhas testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judeia e Samaria, e até os confins da terra!”.

O interessante é cumprir a missão de propagar o Evangelho de maneira clara e tranquila, mostrando a todos o seu objetivo de vida, e não utilizar desta responsabilidade para uma manifestação agressiva e enfática.

Estivemos em missão durante seis meses em outro continente, e lá criamos relacionamento com a sociedade em que estávamos inseridos, mas tudo o que falamos e fizemos, sempre foi de forma natural, sem imposição. Expressamos Jesus através de nossas atitudes e isso causou grandes transformações perceptíveis na vida de muitas pessoas. Isso é representação!

Acredite: todos nós temos a missão de pregar o Evangelho, pois essa é a orientação que Jesus nos ensinou.

“Ou você tem um coração missionário ou seu coração é um campo missionário”. Pastor Piva.

Deus abençoe!

Pastor Morse Gomes e Pastora Gigriolla Gomes.

Eternos Missionários.

Pra. Gi Gomes

Pra. Gi Gomes

http://[email protected]

Graduada em Gestão Executiva e Teologia. Participou de missões transculturais na África do Sul, Moçambique e também missões urbanas no Brasil. Pastora auxiliar na Igreja Batista Renascer.

Você também vai gostar de ver