O papel da mulher no relacionamento conjugal

Tudo começou no Jardim do Éden e todos nós conhecemos a história muito bem. Vamos nos atentar ao que diz a palavra de Deus no momento em que Ele viu a necessidade de criar a mulher: “Então o Senhor Deus declarou: não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda”. A grande missão de vida de uma mulher é ser auxiliadora do seu cônjuge.

Para auxiliarmos nossos esposos é preciso entender que somente Cristo é perfeito e que vamos precisar ceder muitas vezes para vivermos em paz. É preciso saber a hora certa de conversar e respeitar os limites do nosso cônjuge. Além de ceder, é preciso ter um coração preparado para perdoar. Muitas mulheres estão caindo na armadilha de satanás e guardando ofensas diárias, mágoas, acusações de todos os tipos. Se você é uma delas, meu conselho é que você se apresse em perdoar assim como Deus faz com você. Não cometa o erro de reter o perdão de alguém, ou os seus pecados também serão retidos (João 20:33).

Seja a intercessora de seu esposo. Quando você ora por ele, você passa a desenvolver afeto e aceitação. Em Ezequiel 22:29-3, Deus está à procura de alguém que estivesse na brecha. A sua oração é poderosa e eficaz para transformar a vida do seu esposo através do poder de Deus. Coloque-se na brecha por ele. Aquela que pede, recebe.

Sou casada há quase 16 anos e durante esse tempo tive dificuldades com meu esposo. Mas, a verdade, é que se você deseja manter um relacionamento precisa crer que o casamento é para sempre, e buscar a Deus em todo o tempo. Consagramos o nosso matrimônio a Ele e levamos isso a sério.  Quando não conseguimos entrar em acordo sobre alguma decisão, a decisão do meu esposo permanece. Isso pode ser assustador para a maioria das mulheres, mas é preciso lembrar que Deus designou missões diferentes para os homens e para as mulheres e a nossa é de auxiliá-los e não de tomar a frente de tudo. Deixá-los decidir não é sinal de fraqueza. É preciso muita força e atitude para não querer resolver rapidamente do nosso jeito “perfeito”. Eles prestarão conta das ações deles a Deus. Então façamos nós a nossa parte.

Pra. Bárbara Almeida Melo Calembo

Pra. Bárbara Almeida Melo Calembo

Graduada em Licenciatura Plena em Letras Português/Inglês pela Universidade Estadual de Goiás. Diretora de Mídia na empresa Visalia Propaganda. Diaconisa na IBR Sede. Líder no Ministério de Mulheres. Coordenadora do Curso Mulher Única. Coordenadora dos cursos de Paternidade Bíblica no Ministério de Casais.

Você também vai gostar de ver