Relatos de um milagre

“Esperei confiantemente pelo Senhor; ele se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro”. (Salmos 40:1).

Estamos passando por momentos difíceis e o mundo inteiro está em guerra contra um inimigo invisível, mas com grande poder de matar e destruir vidas. Famílias inteiras têm sido devastadas por este maldito vírus denominado SARS-CoV2, causador da Covid-19. Nossos parentes e amigos têm sido profundamente afetados por essa terrível doença, alguns de forma leve que se recuperam em casa, mas outros de forma grave e que travam uma grande luta pela vida.

No meu caso, fui acometido por esta enfermidade que evoluiu para a forma grave. Quando cheguei ao Hospital Santa Helena em Goiânia, meus pulmões estavam bastante comprometidos. Foi realizado um exame por tomografia computadorizada e o laudo dizia que meus pulmões estavam com 50% a 75% de comprometimento.

Naquele momento fiquei assustado, pois o meu caso era considerado gravíssimo. Eu não imaginava que meus pulmões estivessem tão afetados. Precisei urgentemente de um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas em Goiânia não havia essa disponibilidade. Fiquei à espera desse leito que nunca aparecia.

Mesmo enfrentando dificuldades em vários sentidos, cada dia que passava, sentia que Deus estava no controle e me sustentava em todos os momentos. Ele não me desamparou em nenhum milésimo de segundo sequer.

Após seis longos dias de espera por um leito de UTI, surgiu uma vaga no Hospital Maria Auxiliadora (Gama-DF), para onde fui transferido e permaneci internado por 18 dias. Assim que foi dado o início ao meu tratamento neste leito, onde estavam os pacientes mais graves, senti que apesar da gravidade do meu estado de saúde, eu teria êxito no tratamento e por esse motivo, agradecia diariamente a Deus, por permitir que eu pudesse receber aquele atendimento.

Durante todo esse tempo, meditei muito na Palavra de Deus, responsável por me sustentar  nos momentos mais difíceis, pois como está escrito na carta de Paulo aos Romanos 5:3-4 – “…nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança”. Creio que Deus está permitindo e usando este momento de pandemia para disciplinar sua igreja. Fui profundamente confrontado de várias maneiras, em muitas questões ligadas ao nosso viver cristão, em vários aspectos. Muitos estão sendo forjados na pressão das tribulações e dificuldades, para terem seu caráter moldado ao caráter de Cristo Jesus, para que Deus seja glorificado e a centralidade de Cristo seja manifesta em sua igreja.

Por falar em igreja, fui abençoado de forma especial por muitos irmãos e irmãs da Igreja Batista Renascer. As orações e súplicas feitas a Deus em meu favor, me deram forças e o Senhor agiu de forma maravilhosa. Aqui, abro um parêntese para dizer que a minha esposa Roseli esteve comigo em todos os momentos, do início ao fim, ou seja, na alegria e na tristeza; na saúde e na doença. Se não fosse por ela, talvez, o desfecho teria sido outro. Minha família como um todo buscou ao Senhor em oração, suplicando por minha cura e, graças a Deus, hoje estou aqui contando um pouco da minha experiência de cura.

Sou eternamente grato a Deus por ter me feito alvo de Sua graça e misericórdia. Agradeço a cada irmão e irmã que se dispôs a me ajudar em oração e a resposta de Deus veio em forma de cura e milagre. Foram dias de muito aprendizado e total dependência. Uma verdadeira restauração da minha fé.

O dia 12 de abril de 2021 ficará marcado como o dia da minha alta médica. Foi um grande dia! Grande vitória! Uma conquista memorável!

Sou eternamente grato a Deus por ter usado a Ciência Médica, por intermédio de todos os profissionais da saúde, para me abençoar de forma tão especial.

Não tenho palavras para descrever o quanto estou feliz e grato pela Igreja Batista Renascer, bem como ao Pastor João Queiroz e à Pastora Irislene Queiroz, que me deram total apoio em todos os momentos.

Agradeço de coração a todo Ministério de Louvor – IBR Music, por me cobrirem de oração e por todo apoio que recebi do início ao fim. Em especial, agradeço ao irmão Waguinho e sua esposa Nayara, que fizeram questão de ir até Brasília para buscar a mim e a minha esposa e nos levar para casa. Somente Deus poderá retribuir e multiplicar suas bênçãos sobre cada um de vocês.

Que Deus, em sua infinita misericórdia, nos livre de todos os males e nos dê boa saúde, para desfrutarmos de tudo aquilo que Ele separou para nós como igreja.

Daniel Rangel Ferreira

Agente de aeroporto, músico (guitarrista) do Ministério de Louvor da Igreja Batista Renascer.

Você também vai gostar de ver