Revista Renascer

caráter de paternidade
Palavras Pastorais

Sete atitudes que podem gerar um caráter de paternidade

Neste mês de agosto comemora-se o dia dos pais. Eu não poderia deixar de falar nessa edição sobre esse tema tão importante para as nossas vidas. De forma geral, as relações familiares, com cônjuges e filhos, estão sendo distorcidas e desgastadas. Estamos em uma pós modernidade, onde os valores e as referências estão se perdendo. A Bíblia deixou de ser exemplo. Hoje, se acabou o temor e o olhar do pai não vale mais nada. Com isso, produzimos uma sociedade totalmente desequilibrada.

É preciso admitir que ser um bom pai não é fácil. Ter uma família e mantê-la não é uma tarefa fácil, mas entenda que essa é a vontade de Deus para as nossas vidas. A ocupação e a missão mais importante que temos não é profissional, e sim paternal.

Deus tem muito a dizer sobre como podemos ser bem sucedidos em criar nossos filhos para que sejam pessoas piedosas e com o caráter de Cristo. Por isso, a primeira coisa que devemos fazer é ensinar a eles a verdade sobre a Palavra de Deus.

“E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te. Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos. E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas”. (Deuteronômio 6:7-9).

Nesta mensagem, quero refletir sobre alguns pontos importantes que geram e/ou podem gerar um caráter exemplar em nossas crianças. Precisamos construir uma índole linear em nossos filhos, e isso independe da fé cristã. Veja o que nos orienta a Palavra de Deus:

“Porque o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? (Hebreus 12:6-7).

É fácil não corrigir os filhos e colocar a culpa dos problemas da sociedade na escola ou na igreja. Mas a verdade é que, se os pais não prepararem os seus filhos, eles sofrerão consequências por toda a vida. Precisamos estar atentos às Sagradas Escrituras e nos posicionar enquanto pais. Veja abaixo sete pontos importantes sobre a paternidade:

  • Autoritarismo e passividade: onde você foi criado, por quem e em qual sistema, diz sobre o seu caráter autoritário ou passivo. O autoritarismo e a passividade são nocivos na vida de um líder e de um pai, pois são pontos malignos. Um ser passivo é aquele que não tem vontade própria, é morno. Deus não se agrada de pessoas mornas, que não se posicionam. Já uma pessoa autoritária utiliza a imposição e o poder para governar, e isso muitas vezes é prejudicial para a paternidade. É necessário saber equilibrar e fazer um lar equilibrado. Agarre-se ao Senhor para lidar com isso.
  • Generosidade: generosidade é a virtude de quem compartilha por bondade.Um ato de generosidade deve ser feito de forma desinteressada, sem esperar nenhum retorno. Temos que ensinar a beleza da generosidade aos nossos filhos desde pequenos, através das nossas atitudes. Por exemplo, quando você sai do banco e leva à oferta junto com o seu filho, você está ensinando sobre generosidade.
  • Fidelidade a Deus: a sua fidelidade com Deus vai definir o caráter dos seus filhos. Existem imagens que ficam na mente da criança, que mudam a sua sorte ou arrebentam com ela de vez. Os filhos precisam ter imagens nossas orando, jejuando, e não brigando. Se conecte com Deus e traga para você a responsabilidade de criar bem os seus filhos. .
  • Disciplina: a disciplina faz parte do processo para a santidade de Deus, pois ela é a melhor forma de treinamento para nos levar a obediência. Discipline os seus filhos, pois isso é sinal de amor. Ela é a prova do relacionamento autêntico entre o pai e seu filho, celestial ou humano. Essa é a prova de um relacionamento saudável.
  • Comunicação: como anda a sua comunicação com os seus filhos? Separe um tempo do seu dia e converse com eles, procure saber o que estão pensando. Não adianta só ouvir. A comunicação consegue resolver a maior parte dos problemas que enfrentamos.
  • Ausência: embora os filhos amem ganhar presentes, o que vai fazer a diferença na vida deles é o tempo que você vai passar com eles. Por isso, separe um tempo de qualidade com seus filhos.
  • Valores:são o conjunto de características de uma determinada pessoa ou organização que determinam a forma como estas se comportam e interagem com outros indivíduos e com o meio ambiente. Os valores morais da Bíblia são perfeitos, devendo ser seguidos por todo cristão e ensinados aos seus filhos. Quais são os valores que você tem imprimido no caráter dos seus filhos? Como você quer ser lembrado pela sua família e sociedade?

Portanto, a minha mensagem para esse mês é: que você, pai, possa aproveitar ao máximo a vida ao lado de seus filhos. Seja o exemplo, não apenas com palavras, mas com atitudes. Lembre-se que um pai presente fará com que os filhos impactem a sociedade de forma positiva. É o convívio familiar que tornará um homem mais humano.

Portanto, abrace a paternidade e cuide de seu lar, pois isso agradará o Senhor.

Que Deus possa abençoar a sua casa e a sua família!

Feliz dia dos pais!

Sete atitudes que podem gerar um caráter de paternidade

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Igreja Batista Renascer.
Telefone: (62) 3202- 4968

2019 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo