Tags : aníbal filho

Crônicas & Contos

Uma resposta nas asas do vento

Do alto do monte dava para ver as luzes da cidade e os faróis dos carros ruidosos que pareciam voar pela rodovia ao longe. O capim já começava a acumular as gotas de orvalho da noite e havia uma pequena clareira onde, de vez em quando, as pessoas se reuniam para orar até de madrugada. […]Leia Mais

Crônicas & Contos

Quem te conhece, que te compre!

Ele se levantava quando o dia estava amanhecendo pra varrer a calçada, enquanto ela passeava pela cozinha, procurando a caixinha de fósforos para acender o fogão à lenha. O rádio de pilhas sobre a mesa chiava baixinho canções de louvor. Uma bandeja decorada com um versículo bíblico, coberta com forro de crochê, esperava que as […]Leia Mais

Crônicas & Contos

O que restou da criança em mim?

Estou fitando, em silêncio, uma foto em preto e branco que mostra um menino de dócil aparência e olhar expressivo, confortavelmente acomodado em uma poltrona de couro com aconchegantes apoios de braço, onde ele apoia a sua frágil mãozinha. Meu pensamento faz conjecturas. Ali está uma mente pura, inocente, com apenas um ano de idade […]Leia Mais

Crônicas & Contos

Memórias de uma ovelha resgatada

Enquanto ajeito minha cabeça no dorso de uma grande ovelha que dorme ao meu lado sobre a palha macia, posso contemplar algumas estrelas cujo brilho não foi ofuscado pelo clarão do luar que banha todo o vale. Quase à porta de nosso redil, um cercado rústico onde nos abrigamos para passar a noite, posso ver […]Leia Mais

Crônicas & Contos

Quem tem medo de assombração?

Durante o dia ninguém continha a meninada travessa solta naquela imensidão de quintal, com córregos para banhos a algumas centenas de metros de distância da sede da fazenda e cavalos a correr pelos pastos, às vezes com um moleque chacoalhando em seu pelo, seguro apenas pela crina. À luz do dia tudo parecia mais fácil […]Leia Mais

Crônicas & Contos

Uma aventura sobre os trilhos

Três da tarde, um dia qualquer do início de dezembro no meio da década de setenta. O trem de ferro apontava apitando entre as casas mais longínquas e quintais com bananeiras e laranjeiras, interrompendo o trânsito de fuscas, carroças e bicicletas. Na plataforma da estação, dez crianças ficavam em alvoroço, uns com os olhos fitos […]Leia Mais

Crônicas & Contos

Uma Santa Ceia: o prato principal

O café esfriava na mesa. Uma velha senhora ajeitava os pesados óculos e parecia ter os olhos marejados depois daquela conversa tensa que já durava quase uma hora. A outra, parecia haver esgotado todos os argumentos, além de já ter citado todos os versículos sobre perdão. A Bíblia surrada com versos destacados em lápis de […]Leia Mais

Crônicas & Contos

O que é isso, vovô?

Quando olhei para a bagunça que ele fazia na primeira gaveta da escrivaninha, tirando todas as coisas, como: cabos, moedas, grampos, pilhas, capas de celulares e outras bugigangas e as colocando sobre a impressora, me deparei com aquele par de olhinhos pretos curiosos me fitando no meio da pergunta, segurando uma esfera de vidro na […]Leia Mais

Crônicas & Contos

O muro demolido

Não havia tido exatamente uma briga, mas ele estava sem falar com o vizinho há dias, por causa de uma desavença sobre a altura do muro que separava seus quintais. Agora ele estava ali sentado à mesa vendo sua mulher levar à boca uma colher com a água do arroz, provando o sal. Ela percebeu […]Leia Mais