Testemunho de vida de Pedro Gil

Meu nome é Pedro Gil, tenho 28 anos e sou natural de Goiânia, Goiás.  Porém, com aproximadamente 4 anos de idade fui morar em Belo Horizonte e após alguns anos, devido ao divórcio dos meus pais, retornei para Goiânia com a minha mãe e minha irmã Nathalia para morar com meus avós maternos, pois eles tinham problemas de saúde e precisavam de companhia.
pedro-gil3Após alguns anos morando com os meus avós, eles faleceram. Então, eu, minha irmã e minha mãe unimos forças para ajudar um ao outro. Não tínhamos condições de estudar em colégio particular, e foi nesse momento que iniciamos a jornada de tentar ser alguém na vida.

Tive oportunidade de mexer com tudo, desde drogas, a mulheres e bebidas. Minha infância foi marcada pela ausência paterna, pois não tive relacionamento nenhum com meu pai. Minha mãe era, literalmente, pai e mãe, um exemplo de mulher, de garra e de superação. Passamos dificuldades, não tínhamos tudo que queríamos, mas ela nunca deixou faltar comida em casa. Pelo contrário, sempre nos ensinou a ter responsabilidade.

Minha mãe sempre foi tudo em minha vida. Eu, minha irmã e minha mãe éramos unidos. Até que um dia, em viagem para os Estados Unidos minha mãe sofreu uma dor no pulmão e faleceu lá, com 50 anos de idade.

Não é fácil perder alguém precocemente, ainda mais alguém que era seu tudo. Ficamos assustados e até desesperados, porém ela sempre disse que eu era o homem da casa, e isso ficou na minha cabeça. Naquele momento eu precisava ser forte. Precisei cuidar da minha irmã e continuar minha vida!

 Meu casamento estava próximo e até pensaram que iria adiar, porém Deus nos dá força para tudo. Os meus amigos e a minha futura esposa e família, foram a base para tudo. Os amigos apareciam na minha casa todos os dias e não me deixavam sozinho.pedro-gil2

No dia que minha mãe faleceu, uma pessoa me disse sobre Jó, relatando a passagem Bíblica em que ele perdeu tudo, e mesmo assim agradeceu a Deus. Eu não tive outra escolha! Após passar todo sofrimento desde a minha infância, eu agradeci. Agradeço a Deus por tudo que passei na minha vida.

Temos que pegar o lado positivo, e isso me fez crescer muito. É obvio que minha mãe faz falta. Tenho saudades dos abraços e dos seus beijos. Mas, obrigado Senhor!

Deus é tão bom que após perder a minha mãe, o Senhor me presenteou com uma mulher maravilhosa, a Débora. Com certeza, ela enxergou algo diferente em mim, pois eu não era nada!

O casamento mudou minha vida para melhor. Foi a minha melhor escolha. Construímos tudo juntos e sonhamos sempre os sonhos um do outro. Minha esposa é um exemplo de mulher, profissional e de um coração enorme. Ela me faz acreditar cada vez mais em mim mesmo!

Após todo acontecimento com a minha mãe, a família dela se tornou a minha família! Simone é a mãezona e o Jacinto um verdadeiro pai. Prometi ser o melhor marido, cuidar e amar minha esposa com todas as forças!

Com relação a minha vida profissional e ao meu propósito de ser alguém na vida, também passei por um processo. Já vigiei carro na porta de centro espírita e já vendi laranjinha, porém comecei a trabalhar mesmo com 14 anos no IPASGO como menor aprendiz, ganhando 80 reais. Na época eu pagava o gás e a água em casa, então sobrava uns 20 reais.

Depois desse período, fui promovido e comecei a ganhar 120 reais. Então ganhei mais algumas responsabilidades: pagar o gás, a água e a energia. Dessa forma, continuou sobrando 20 reais para mim.

pedro-gil1Depois, com outras promoções fui crescendo dentro do IPASGO, onde fiquei um bom tempo. Decidi seguir a vida bancária e entrei para o Banco BRADESCO, onde passei por todos os cargos dentro da agência, e hoje com seis anos de banco, consegui chegar ao cargo de Gerente Comercial da Diretoria. Tenho certeza que Deus está nesse negócio.

Muitas pessoas me perguntam: porque depois de passar por tudo isso eu ainda continuo rindo para as paredes? Isso é Deus! O Senhor me deu a oportunidade de ter a melhor mãe do mundo, me deu a melhor irmã do mundo, me deu um ótimo trabalho, amigos, me deu mais de um pai e mais uma mãe de graça, me deu uma cunhada que conversa mais do que eu, me deu a vida, me deu a melhor esposa do mundo, me deu força, e agora me deu uma filha!

Uma única palavra: GRAÇA! Graça de Deus sobre a minha vida em me dar essa oportunidade antes da volta dEle! Não vejo a hora de ver a GIOVANA, minha filha.

Quero gritar de felicidade e ser tudo que o minha mãe foi pra mim.

O que reclamar da vida? Nada! É a melhor vida que eu poderia ter. Sou grato por tudo que tenho.

Dificuldades temos, mas você só fica nelas se quiser!

Pedro Gil

Pedro Gil

Você também vai gostar de ver