Atenção crianças! Coelho ou Cordeiro?

Olá crianças! Tudo bem? Está chegando uma data muito especial do nosso calendário, e já estamos vendo um movimento por aí com ovos de chocolate e coelhos por todo lado.

Vamos juntos ler mais sobre o que a Bíblia nos diz sobre a Páscoa?

Se alguém contasse a você que algo terrível iria acontecer e te desse instruções que poderiam lhe garantir proteção, você seguiria as instruções? Sim ou não? Na Bíblia encontramos uma história de um povo que recebeu esses conselhos diretamente do Senhor.

No livro de Êxodo, descobrimos que os hebreus passaram por momentos terríveis no Egito, pois estavam há mais de quatrocentos anos como escravos nas mãos de um rei muito cruel, o Faraó. Então, os hebreus clamaram a Deus por causa de seu sofrimento, o Senhor ouviu e levantou Moisés como libertador de Seu povo. Não foi nada fácil, Faraó tinha um coração duro e se recusava a obedecer. Deus enviou nove pragas para que os egípcios soubessem do seu poder, Moisés orava e as pragas terminavam, mas assim que isso acontecia, o Faraó se endurecia e não deixava o povo sair do Egito.

Foi então que Deus deu instruções a Moisés e Arão  para que o povo hebreu não fosse atingido pela décima praga que viria. Cada família precisaria escolher um cordeiro perfeito, depois deveria matá-lo e passar o sangue nos batentes dos lados e em cima da porta de suas casas. A família deveria também ficar dentro de casa a noite inteira, comendo o cordeiro assado com ervas amargas e pão sem fermento. O cordeiro tinha que ser assado inteiro, sem que nenhum de seus ossos fossem quebrados. Isso te lembra alguma coisa?

Durante a décima praga todos os filhos mais velhos das famílias do Egito seriam levados pelo Senhor, mas  os hebreus que ficaram em suas casas, permaneceram sob a proteção do sangue. Foi uma noite muito triste para os egípcios, porém os hebreus não só ficaram livres da morte, como também foram livres da escravidão. Essa foi a celebração da primeira Páscoa, e daí em diante, todos os anos os hebreus comemoram essa data especial, a fim de se lembrarem daquela maravilhosa salvação.

Tudo se referia à pessoa de Jesus. O cordeiro sem defeito representava Cristo, o sangue nas portas representava a morte de Jesus na cruz e realmente nenhum de seus ossos foram quebrados. Deus amava os israelitas e preparou um caminho para escaparem do castigo da morte.

Nunca fomos escravos de um rei malvado como Faraó, mas somos escravos de outro modo, nascemos com o desejo de pecar, e isso nos mantém escravos do pecado. Pecado é tudo que você pensa, diz ou faz que não agrada a Deus e nos separa d’Ele.

A Bíblia diz que o castigo do pecado é a morte, um tipo de morte que significa ficarmos separados de Deus.

O Senhor Jesus, o Filho perfeito de Deus, morreu na cruz para receber esse castigo por você. Depois da morte de Jesus na cruz, o seu corpo foi colocado numa sepultura e ao terceiro dia Ele ressuscitou, provando que Deus aceitou o pagamento pelos nossos pecados.

Ele está vivo e quer morar em você! Jesus Cristo é o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! (João 1:29b). Ele é a nossa verdadeira Páscoa!

Crianças! No final da revista tem um caça-palavras sobre a Páscoa! Corre lá!

 

Material de apoio: Bíblia de Recursos para o Ministério de Crianças – Almeida Revista Atualizada (RA).

Valéria Faria

Valéria Faria

Líder do Ministério Infantil IBR

Você também vai gostar de ver