Autenticidade

Um filtro pode realmente melhorar uma foto. Assim como  escrever uma legenda baseada em um livro,  filme ou música, pode ajudar a expressar o que você acredita ou sente. No entanto, quero por meio desta coluna, aconselhá-lo para que você não se perca em meio às redes sociais, já que a virtualidade não deve reger a sua vida, valores e a sua essência.

Por lidar com  pessoas, acabo percebendo que algumas estão se distanciando de si mesmas. Não foi uma ou duas vezes que me impressionei  com a “diferença” na aparência física, no estilo de vida e até mesmo nos valores morais. Muitas vezes, chego a ficar na dúvida e me pergunto: será que essa pessoa é a que eu vejo nas redes sociais? Ou então eu penso: As legendas delas são tão iradas e inspiradoras, o que houve?

Há uma confusão mental entre a virtualidade e a vida real. Vivemos uma crise de identidade, na qual  mostrar é melhor do que ser ou estar. Esse comportamento tem fragilizado os relacionamentos, à medida que o convívio pessoal perde  importância e alguns acham até desnecessário, afinal de contas,  se eu já mandei uma mensagem, postei uma foto ou comentei algo, já deveria ser  o suficiente. Na realidade, nada pode substituir o olho no olho, o abraço, a presença.

A nossa geração tem se tornado fria, distante, insensível e superficial, porque a “vida virtual” é mais prazerosa do que a real. Acredito que isso se dá pela aparência de que no virtual eu possa ser quem eu quiser ser ou desejaria ser e ainda, falar o que eu quiser. Dependendo do aplicativo, posso inclusive estar onde eu gostaria de estar e nunca estive. Tudo isso deveria ser uma brincadeira momentânea e divertida, mas infelizmente tem se tornado um estilo de vida perigoso.

Portanto, seja você mesmo nas redes sociais, pois hoje o mundo está carente de autenticidade, trazida por  pessoas verdadeiras e de “cara limpa”. Não há nada mais lindo e atraente do que alguém que sabe quem é verdadeiramente.

Escreva o que você pensa em suas legendas ou textos. A sua verdade não é o que você gostaria de ser, mas o que você é em sua essência. Há riquezas em você que jamais foram ditas, ou escritas. Cada um carrega tesouros dentro de si e precisamos enriquecer as outras pessoas, que carecem justamente de nossas riquezas, daquelas que já possuímos.

Então, enriqueça o próximo com o seu tesouro, escreva a sua essência, sua verdade e viva de acordo com o que é exposto em suas mídias. A vida real nem sempre é legal de se publicar, concordo, mas uma vida sem autenticidade é chata e sem propósito.

 

Aguiar Netto

Aguiar Netto

Bacharel em Teologia. Ordenado ao ministério em 2002. Pastor, palestrante e formador de líderes para a juventude. Participou de missões transculturais na Europa e missões urbanas pelo Brasil. Escritor e pastor auxiliar na Igreja Batista Renascer. @aguiarnetto

Você também vai gostar de ver