Revista Renascer

dai graças
Capa

Em tudo dai graças

Nestes tempos de isolamento e pandemia, em que o mundo parece ter virado de cabeça para baixo, lemos na carta do Apóstolo Paulo para a igreja em Tessalônica, uma ordem: “Em tudo dai graças!”. O fato é que parece difícil obedecer ou compreender essa ordem nos dias em que atravessamos.

Precisamos entender o que o Apóstolo queria ensinar àquela nova igreja, que contava com pessoas recentemente convertidas. O contexto era de perseguição aos judeus, e Paulo havia ensinado na sinagoga, o que era uma prática no seu ministério. Por três sábados, assim ele fazia naquela cidade, até que os judeus o expulsaram.

Paulo deixou o  texto: “Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco” (I Tessalonicenses 5:18) como uma orientação prática para aqueles irmãos. O apóstolo Paulo sempre deixava instruções para as  igrejas criadas por ele  e também aquelas que ele visitava.

Nós como cristãos, crentes no Senhor Jesus e obedientes a Deus, devemos no exercício de nossa crença, obedecer a   determinação de Paulo, pois somos conclamados a fazer a vontade do Pai, que é a de em tudo darmos graças. Devemos ter uma vida de gratidão, reconhecendo Deus em  tudo e em  todas as circunstâncias.

A palavra “graça” no original grego pertence a mesma raiz da palavra “alegria”. Dar graças é uma atitude, e como tal, estarmos alegres deve fazer parte do nosso modo de viver. Assim, possuir uma vida de gratidão e de amor ao próximo é fruto desta gratidão. Caso contrário, viveremos por meios distorcidos da graça, com uma vida de amargura, desânimo , cheia de murmuração, impaciência, inveja  e com muita ansiedade.

O fato é que possuir  um coração agradecido faz bem para a nossa saúde física, emocional e espiritual. Viveremos satisfeitos , sabendo que somos felizes em Cristo. Essa é a vontade de Deus para nós cristãos.

Sei que muitos devem estar se perguntando, como posso dar graças em tudo, em tempo de mortes, desemprego, falências, lutas e tribulações?

Vamos então entender de forma mais clara o que o Apóstolo Paulo desejou  nos revelar. Em Cristo somos mais que vencedores, somos salvos e teremos um lar celestial. A nossa casa não é aqui, afinal,  estamos apenas de passagem nessa Terra.

Devemos entender a diferença entre “por tudo” e “em tudo”. Por isso, eu não devo estar agradecido por tudo, pois não posso agradecer pelo pecado por exemplo, mas ser grato em todas as coisas  me leva a entender que Deus está no controle. Ele é o Senhor da justiça. Sendo assim, só podemos alcançar esse modo de dar graças quando entendermos de verdade que no Senhor encontramos  um Deus justo, pois a justiça está em suas mãos.

Mesmo que a morte de uma pessoa querida e amada bata a minha porta, ou que o desemprego me espreite e a falta de recursos atinjam  a minha vida, Deus já me deu vitória, pois o que me aguarda é infinitamente maior.  Essa é a razão pela qual  Jesus disse: “Eu vim para que tenhamos uma vida em abundância”(João 10:10). Essa é a plenitude da alegria que temos no Senhor.

Sei que vivemos dias difíceis, de muitas lutas, mas  tudo isso passará  e novos dias virão. Não é da vontade Divina que vivamos  uma vida de medo, angústia, ansiedade e de murmuração  pelos cantos, mas devemos nos alegrarmos no Senhor. Paulo, ao escrever uma carta para a igreja dos filipenses, ele disse: “Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo alegrai-vos”. (Filipenses 4:4).

Portanto, somos salvos em Cristo, e isso nos  basta, pois um dia estaremos em nosso lar celestial, a nossa verdadeira casa. Por enquanto, estamos  caminhando para lá, por isso devemos  estar alegres.

Em tudo demos  graças!

Em tudo dai graças

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Igreja Batista Renascer.
Telefone: (62) 3202- 4968

2020 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo