Ser cidadão

Para além destes conceitos o exercício da cidadania está atrelado a uma série de obrigações. Assim, é fato que tenho o direito à privacidade, mas este direito me traz uma contrapartida, que é o respeito à privacidade alheia. Se tenho direito à propriedade, tenho a obrigação de respeitar a propriedade alheia constituindo-se em infração o desrespeito a tal princípio.

A maior doutrinação de direitos civis e políticos contudo, não está nos direitos Humanos arrazoados pela Organização das Nações Unidas, nem mesmo pela Constituição de nosso país. Nossa maior fonte de cidadania decorre dos ensinamentos de Cristo e do que vem da Bíblia sagrada.

Quando Cristo exorta em Romanos 13 que devemos respeitar a autoridade, pois não há autoridade que não vem de Deus, Ele nos dá uma lição, não de poder, mas de consideração mútua. Além do quê, o respeito e a autoridade decorrem de ordem social, que nada mais é que um princípio de cidadania. Quando diz que o pobre entrará no reino dos céus, isto é, usufruirá do que há no reino celestial, nos dá uma lição de cidadania, pois demonstra igualdade nas relações. A lição é: ser pobre não me faz menos que ser rico e vice-e-versa.

No Salmo 107 há uma aula completa do que é ser cidadão. Ele diz: “Deem graças ao SENHOR por seu amor cuidadoso! Louvem o Senhor pelas maravilhas que ele faz em favor dos homens! Ele sacia o sedento e dá alimento de sobra ao faminto”. O que é isto, se não ser cidadão?

Estamos começando uma nova fase da Revista Renascer. Nesta fase, discutiremos o papel do cristão e o exercício da cidadania. É impossível, para nós, desassociar o cidadão da cristandade. E este é um papel também da igreja: através do ensinamento de Cristo, levantar cidadãos, que de fato impactem o mundo.

E lembre-se: a única maneira de servir a Deus é servindo ao próximo.

Pb. Coronel Avelar Viveiros

Pb. Coronel Avelar Viveiros

Bacharel em Direito, coronel da Polícia Militar de Goiás. Possui curso de Capelania pela UniEvangélica. É presbítero na Igreja Batista Renascer.

Você também vai gostar de ver