Revista Renascer

futurando
Futurando

Um pequeno nerd e o ensino da bíblia

Para aquele que já tem um tempinho que passou pela infância, é fácil  medir  as enormes diferenças dos tipos de brinquedos e brincadeiras que tínhamos há 20, 30 anos atrás. O fato é que hoje as crianças estão imersas em um mundo muito diferente. É muito comum ver crianças ainda pequenas acessando diversas tecnologias e dispositivos, como  Smart TV , Youtube, Netflix, etc. Além do notebook ou smartphone onde muitas delas  acompanham aplicativos como o TikTok, assistem às aulas remotas com os professores interagindo pelo Zoom, Meet e outras ferramentas de vídeo chamada.

É uma verdadeira imersão tecnológica. Muitos pais até se assustam com a habilidade das crianças, a velocidade do aprendizado e também com o uso de inúmeras ferramentas que esses pequenos nativos digitais lidam em seu dia-a-dia.

No entanto, nós pais e também professores, precisamos parar um pouco para refletirmos. Será que a forma como aprendemos e educamos nossos filhos não acaba se parecendo muito mais com a nossa vivência de adulto do que com a vivência de uma criança nos dias atuais? Como estamos ensinando a Bíblia para essa nova geração?

A Palavra de Deus é o fundamento da nossa fé e os princípios bíblicos são a base para a nossa vida cristã, por isso, os compartilhamentos destes princípios precisam ser realizados com sabedoria, utilizando os melhores meios e recursos para comunicarmos o Evangelho. Sim, precisamos rever as nossas ferramentas!

Mas, como podemos tornar a nossa mensagem e comunicação mais atrativa e intuitiva para as crianças, fazendo-os sentir maior empatia, criando um ponto em comum com o que para eles hoje é rotina diária?

O apóstolo Paulo relatou em seus escritos a importância de aprender a comunicarmos de acordo com o perfil do público, e isso é agir com sabedoria. Se as crianças da atualidade têm essa facilidade e necessidade de usar recursos tecnológicos, porque não usarmos tais ferramentas e recursos em nosso favor? Precisamos entender que a comunicação não é o que eu digo, mas o que o outro entende. Posso entregar uma mensagem de forma criativa em vários formatos, inclusive utilizando a Bíblia. Princípios são imutáveis, mas os métodos podem variar e mudar.

Veja abaixo algumas dicas de recursos que podemos utilizar, inclusive para o ensino da Bíblia:

  • Powerpoint (para apresentação);
  • Vídeos curtos que se conectam com o tema proposto;
  • Vídeos de Youtubers infantis cristãos, que podem criar o vínculo de empatia pelo ponto em comum do possível conhecimento;
  • Áudio e músicas;
  • Cultos ao vivo com link exclusivo para as crianças;
  • Engajamento com perguntas dinâmicas que podem ser respondidas por celular, tablet ou computador;
  • Visualização de vídeos, com um código que pode ser preenchido e as crianças podem concorrer a recompensas de incentivo;
  • Interação com grupos de atividades, entre muitas outras possibilidades.

Para as crianças, quero indicar também o canal Superbook Brasil, uma série bíblica animada, com o propósito de entreter as crianças e ensinar a Palavra de Deus. O Superbook já foi transmitido em mais de 106 países, traduzido para 43 idiomas e visto por mais de 500 milhões de pessoas.

Se queremos uma mensagem que alcance os corações de nossas crianças, necessitamos aperfeiçoar nossa linguagem, nossa forma e as metodologias, e isso é possível de ser feito sem que  percamos a essência da Palavra de Deus.

Um pequeno nerd e o ensino da bíblia

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Igreja Batista Renascer.
Telefone: (62) 3202- 4968

2020 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo