A verdadeira Páscoa Cristã

Deus é o autor da Páscoa! “E o Senhor falou a Moisés e a Arão na terra do Egito, dizendo: Este mês será para vós o começo dos meses, será o primeiro mês do ano para vós” (Êxodo 12:1-2). Qual a origem dessas palavras? O próprio Deus falou com Moisés e Arão e estabeleceu a Páscoa. O significado do termo no sentido hebraico é: “passar por cima, passagem, saltar, pular”.

Mas, qual é a mensagem verdadeira da Páscoa descrita em Êxodo 12?

A Páscoa descrita, referia-se ao sacrifício de um cordeiro no Egito quando o povo de Israel era escravo. A Páscoa é uma narrativa épica com um retrato da redenção, que significa, o fim de um ciclo de escravidão e um novo começo, rumo a verdadeira liberdade. Interessante destacar que o prazer de Deus está na liberdade e não na escravidão.

Nenhum evento épico poderá ser esquecido, e por esse motivo, o que Deus faz não pode cair no esquecimento da memória humana. Por isso, Deus estabeleceu a Páscoa como um memorial. A mensagem não era para lembrar o Seu povo de um passado amargo e tirano, mas sim, da forma como Ele resgatou o Seu povo das garras de Faraó, porque com mão forte, o Senhor tirou o povo do Egito (Êxodo 13:16). Faraó viu com os seus próprios olhos que Deus é o Senhor dos Senhores.

A beleza da Páscoa está na clareza com que Deus agiu pelo Seu povo. O contexto desse evento, torna-o singular e especial para os israelitas e para as futuras gerações. Os elementos e as instruções sobre a Páscoa são importantes, mas prefiro não tirar os olhos dos atributos do caráter Divino que estava nítido naquele contexto de redenção. Deus é o mesmo hoje e o Seu caráter não mudou e nem mudará. Deus agiu e agirá sempre para salvar os Seus filhos!

Outro sentido importantíssimo desta celebração que quero salientar é o aspecto eterno. “E este dia vos será por memorial, e fareis dele uma festa ao Senhor por todas as gerações: fareis dele uma festa por ordenança eterna” (Êxodo 12:14).

A Páscoa é uma ordenança eterna, nesse sentido, ao negligenciarmos a Páscoa e a sua essência, estamos em rebeldia contra o Senhor (Êxodo 12:27). A celebração era uma excelente oportunidade para lembrar do quão grandioso é Deus e quão imensurável é o Seu amor,  pois o anjo da morte passou por cima das casas dos filhos de Israel. Diante da redenção no Egito, o povo se curvou e o adorou.

A expectativa de Deus é que a essência da Páscoa não perdesse o verdadeiro sentido nas futuras gerações. Páscoa é uma festa de adoração e total devoção a Deus. No Egito, Deus redimiu o Seu povo. Na cruz, Jesus Cristo nos libertou do jugo da escravidão. Na cruz, o Cordeiro foi morto em nosso lugar e fomos declarados inocentes por Deus. Como símbolo de redenção que une a vida e o derramamento de sangue, a Páscoa nos fala de Cristo, o nosso Cordeiro da Páscoa, que foi sacrificado por nós (1 Coríntios 5:7).

Deus demonstrou o Seu amor por nós, enviando o Cordeiro para morrer em nosso lugar (Romanos 5:8). Portanto, a Páscoa ecoa o perdão de nossos pecados, pois sem sangue, não há remissão de pecados.

Então, qual é a fotografia da Páscoa cristã? O sepulcro está vazio. Ele ressuscitou e agora vive para sempre. A celebração não é simplesmente sobre a morte do Cordeiro, mas também sobre a ressurreição. Que venhamos  a nos curvar e entregar todos os dias a nossa devoção ao Cordeiro pascal, a saber: Jesus Cristo, Senhor e Salvador.

A cruz está vazia, por isso celebre a ressurreição de Cristo!

A simplicidade da Páscoa é encantadora, pois ela em si possui origem doméstica. Nela, são resgatados os valores da simplicidade, além de evidenciar a importância da unidade, dos relacionamentos e da comunhão, refletindo o amor e a solidariedade (Êxodo 12:4).

Desta forma, o evento da Páscoa reflete os valores do cristianismo autêntico e profundo, que impactou e virou de cabeça para baixo o império romano no primeiro século. O estilo de vida simples, o amor, a comunhão, o poder dos relacionamentos e o verdadeiro sentido de um cristianismo bíblico, que trouxe redenção a milhares de pessoas através dos discípulos de Jesus.

Assim: o verdadeiro sentido da Páscoa cristã é a mensagem de ressurreição.

Portanto, neste tempo de pandemia global em que estamos vivendo, a mensagem da Páscoa é de esperança para os que não a possuem, redenção para os perdidos, chuva para os solos áridos da terra e o regresso para a simplicidade da vida. Se o Cordeiro está em sua casa, descanse, porque nenhuma praga chegará em tua tenda!

Como discípulos autênticos de Cristo, devemos declarar em todos os lugares e nações, o amor de Deus por toda a humanidade em Jesus Cristo. Temos uma responsabilidade missional por entender o real significado da Páscoa Cristã com este mundo.

Por favor, espalhe a mensagem da Páscoa para os seus vizinhos, amigos e familiares e mostre o caminho, a verdade e a vida!

Wagner de Oliveira Filho

Pastor da Igreja Batista Renascer em Lisboa - Portugal, coach e teólogo. @pastorwagnerfilho Wagner Filho – Facebook.

Você também vai gostar de ver