Apego ou desapego?

Acredite: nossas posses falam sobre nós. Tudo aquilo que nos cerca, conta a história de toda uma vida, seja uma roupa, uma poltrona, um lindo vaso e até uma caneta. Objetos nos dão a sensação de pertencimento, de que fazemos parte de algo.

Mas, podemos começar a ter problemas quando estes pertences se acumulam por não sabermos tomar decisões sobre o que fazer com eles, mesmo quando já não fazem mais sentido para nós. Tememos o julgamento do outro, pensamos que “um dia poderemos precisar” e assim, nossa casa vai se tornando um depósito, fugindo da imagem saudável de um lar.

À medida que os anos passam, nossos interesses mudam, nosso corpo, maturidade e coisas que tínhamos há 10 anos atrás podem não fazer mais parte de quem somos hoje. Por isso, é tão importante analisarmos o nosso coração e entender qual o real motivo de não nos desapegarmos do que não usamos. Não faz sentido manter a casa lotada de coisas e você, na maior parte do tempo, utilizar apenas 30% do que possui, guardado. Deixar ir nossos excessos nos dá uma vida mais leve, uma casa mais funcional, armários mais úteis e ainda podemos abençoar pessoas com as coisas que doamos.

Existe uma frase da escritora Devi Titus que eu levo para a vida: “Se você usa o que tem, Deus nunca deixará faltar o que você precisa”.

“Será que alguém consegue ficar um centímetro mais alto preocupado diante do espelho? Todo esse tempo e dinheiro gasto com moda, pensam que faz muita diferença? Em vez de correr atrás da moda, caminhem pelos campos e observem as flores silvestres. Elas não se enfeitam e nem compram, mas vocês já viram formas e cores mais belas? Os dez homens e mulheres da lista dos mais bem vestidos iriam parecer maltrapilhos comparados às flores. Se Deus dá tanta atenção às flores do campo – e muitas delas nem são vistas -, não acha que Ele irá cuidar de vocês, ter prazer em vocês e dar o melhor por vocês? Quero convencê-los a relaxar, a não se preocuparem tanto em adquirir. Em vez disso, prefiram dar, correspondendo assim, ao cuidado de Deus. Quem não conhece a Deus e não sabe como ele trabalha é que se prende a essas coisas, mas vocês conhecem a Deus e sabem como ele trabalha. Orientem a sua vida de acordo com a realidade, a iniciativa e a provisão de Deus. Não se preocupem com as perdas, e descobrirão que todas as suas necessidades serão satisfeitas.” (Mateus 6:27-33) (Bíblia A Mensagem).

Então, nesse início de 2021, deixe ir. Desapegue-se daquilo que já não é mais usado, do que não mais se identifica. Deus sabe exatamente do que você precisa.

Bárbara Volnei

Bárbara Volnei

Personal Organizer e Consultora em Organização Residencial e Corporativa www.barbaravolnei.com.br

Você também vai gostar de ver