Revista Renascer Versão Digital

vítima
Segurança em pauta

Não seja uma vítima fácil

Vários cuidados simples podem ser tomados para que o cometimento de crimes, tendo você como vítima, seja evitado.

Estudos mostram que as pessoas se colocam involuntariamente em situações que facilitam a ação do autor do crime. Ao contrário, cuidados simples podem dificultar a atuação do marginal e evitar que o crime ocorra. O objetivo destas dicas são para que você não seja uma vítima fácil. Confira:

ATENÇÃO ESPECIAL NAS RUAS

  • Evite andar pelas ruas com grandes quantias em dinheiro. As“saidinhas de bancos” são perfeitamente evitáveis, basta você fazer as operações bancárias usufruindo de transferências online, como DOC ou TED. “Nas saidinhas de bancos” um marginal fica dentro do banco observando os saques dos clientes e outro marginal do lado de fora recebe por telefone celular as informação que uma pessoa com determinadas características físicas acabou de efetuar um saque em dinheiro. Então, se alguém estiver seguindo você logo após o saque, entre em alguma loja ou repartição, peça ajuda e chame a polícia, pois você pode estar sendo seguido para ser roubado. O correto é você não se expor a perigo, não sacando dinheiro na boca do caixa. Não ande sozinho (a). Quando estiver só, procure andar no centro da calçada ou passeio e na contramão do trânsito de veículos, pois dessa forma, fica mais fácil perceber qualquer ataque de bandidos. 
  • Sempre que for possível, não se exponha gratuitamente à ação dos delinquentes, passeando desacompanhado por locais ermos e/ou em horas avançadas. Evite passar por locais desertos ou pouco iluminados, mantendo-se alerta ao cruzar com suspeitos e não pare para atender pedidos que lhe despertem desconfiança.Evite andar, permanecer, namorar e passar por ruas ou praças escuras ou com pouca iluminação.
  • As mulheres devem carregar suas bolsas firmemente seguras entre o braço e o corpo, mantendo a mão sobre seu fecho. Separe previamente o dinheiro necessário para pequenas despesas. Evite abrir a sua bolsa ou carteira na presença de estranhos, e não ande nas ruas usando muitas joias, como pulseiras, colares, relógios caros, etc. Não faça ostentação chamando atenção dos marginais. Andar sozinha à noite em locais de pouca movimentação deve ser evitado, assim como namorar, estacionar e ficar conversando dentro de veículos estacionados.  Mesmo que na porta de sua residência.Em uma festa ou reunião, espere pela companhia de um amigo (a) para saírem juntos. Uma forma de prudência é antecipar-se ao perigo, prevenindo-se.
  • Ao retornar para sua residência, antes de entrar, verifique se há algo estranho nela (luzes acesas, porta ou janelas abertas) e caso haja, não entre. Se estiver de carro e principalmente à noite, use o farol do carro e realize uma vistoria passando na porta de sua residência e somente depois adentre. No caso de pessoas em suspeitas atitudes, chame a polícia ou vizinhos. Quando estiver no interior de sua casa não abra o portão ou porta, sem primeiro saber quem é a pessoa que quer entrar.
  • Se for a uma festa ou show onde exista multidão, tome mais cuidado. Se levar crianças pequenas, procure colocar nelas uma identificação. Nunca aceite bebida oferecida por estranhos, pois ela pode conter drogas.

Procure controlar-se nas piores situações. Os assaltantes valem-se do fator surpresa para atacar as suas vítimas.

Não seja uma vítima fácil

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Igreja Batista Renascer.
Telefone: (62) 3202- 4968

2020 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo