Existe a crise da meia idade?

No campo da psicologia, o conceito de crise é explicado como toda situação de mudança a nível biopsicossocial, que exige um esforço suplementar para manter o equilíbrio ou estabilidade emocional, ou seja, ao  nascermos estaremos, o tempo todo, nos transformando e nos adaptando.

Em uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2018, fora apontado que uma pessoa nascida no Brasil tem expectativa de viver, em média, até os 76 anos. Dessa forma, poderíamos considerar como sendo a fase da meia idade a partir de 38 anos.

Nessa fase, ao pensar na finitude, há muitos questionamentos sobre o que foi feito, deixado de fazer, ou o que poderia ter sido feito durante a vida. Então, inicia-se uma autoavaliação profunda, fazendo a pessoa acessar sentimentos de frustração, depressão ou desvalor.

Por isso, é necessário tomar cuidado para não ficarmos presos a esses pensamentos, mas que por meio dessa reflexão, você possa admirar as conquistas do passado com gratidão e que seja um start para a elaboração de novas aspirações para o futuro, buscando sempre se reinventar, mesmo se estiver em momento de crise pela síndrome do ninho vazio, aposentadoria ou outros tipos de conflitos.

Sabemos também que existe uma certa exaltação ao corpo e a juventude eterna, mas temos que entender que essa não é a realidade. Nessa fase, um dos maiores investimentos não são os excessos, mas sim o reconhecimento de que toda fase tem a sua beleza, e que para ser alcançada em sua plenitude, ela deve ser trabalhada a princípio no seu eu, ou seja, de dentro para fora.

Portanto, a crise da meia idade existe sim, e para manter-se em equilíbrio, você pode treinar a sua mente para estar sempre no aqui e agora. Para isso: conecte-se com o que estiver fazendo no presente, ou com a pessoa que estiver conversando; invista, acima de tudo, nas relações com as pessoas que você mais ama, porque é uma das maiores fontes de bem-estar que existe, respeite as suas limitações, se perdoe, faça as pazes com quem você de fato é e com a idade que você tem e se ame ao ponto de se permitir ser feliz!

Caso perceba alguma dificuldade de enfrentamento nessa fase, procure ajuda terapêutica. Lembrando que no Instituto Renascer Saúde, da Igreja Batista Renascer, temos um quadro de excelentes profissionais especializados em contribuir para que você aproveite ao máximo a sua vida.

Líbina Messac

Líbina Messac

Pedagoga, Psicóloga Clínica, Pós-graduada em Terapia Cognitiva Comportamental e em Psicologia Escolar – Coaching-PSC, membro da Igreja Batista Renascer. Contatos: (62) 99105-1718 / Instagram: @libina_messac

Você também vai gostar de ver