Revista Renascer Versão Digital

o antes e o depois
Conex@o

Pose para a selfie: o antes e o depois

Um dos quadros mais famosos da televisão brasileira nos sábados à tarde era a recuperação de carros muito avariados, quando são já inúteis e praticamente abandonados por seus donos. Os marmanjos aficionados por automóveis se acotovelam no sofá para não perderem um detalhe que seja do processo de restauração das “latas velhas”, quando lhes são devolvidas a estética apurada, a utilidade, o glamour e, de quebra, adicionados alguns mimos com novas funcionalidades.

Seja um carro antigo, um monumento ou uma obra de arte, o processo de restauração é sempre minucioso, na maioria das vezes lento, e exige acurada perícia por parte de seu restaurador. Os danos que ocorrem ao longo do tempo e as intempéries, exigem uma dedicação enorme para que a peça seja restaurada a seu estado original. Não se trata simplesmente de consertar, substituir uma peça, mas um processo de recuperação total.

Quando estamos doentes, restaurar a saúde é voltar ao vigor de antes, ao estado anterior. Um artista gasta um tempo considerável para restituir à peça todo o seu antigo esplendor, como se não houvera nenhum dano. Com os olhos fitos nas fotos e descrição do original, um olho lá outro cá, o perito vai esculpindo, emassando, pintando, limpando, despoluindo, lixando, até garantir que a peça esteja idêntica à que o artista concebeu e criou. Mas, existem outros significados para a obra de restauração.

A Bíblia traz uma alusão às torrentes de águas na região desértica do Neguebe, que fica ao sul de Hebron, a sudoeste do Mar Morto. O Salmo 126 faz um clamor pela restauração da sorte de Israel e menciona exatamente essa região, que durante a estação chuvosa, faz com que verdadeiros riachos corram pelo deserto, fertilizando tudo à sua volta. A este fato, chamamos bênção restauradora e deve ser o motivo do nosso clamor nestes dias.

Neste mesmo Salmo é expresso o entusiasmo de uma nação, quando o Senhor lhe restaura a sorte, a ponto do povo ficar extasiado, como quem sonha, rindo à toa e cantando de alegria. Quem olha uma pessoa que teve sua vida restaurada, diz como o salmista: grandes coisas fez o senhor por esta pessoa, por isto ela está tão alegre! O mesmo se aplica a uma família, a um relacionamento, à vida financeira e à saúde.

Talvez estejamos precisando da ação restauradora do Espírito Santo, quando nos é devolvida a alegria da salvação, como dizia Davi, quando pedia que este Espírito não fosse retirado dele e que ele não fosse lançado fora da presença de Deus por causa do seu pecado. De outra forma, talvez estejamos necessitados da intervenção miraculosa de Deus em várias áreas de nossa vida, quando as intempéries da vida nos feriram, nos injuriaram, trazendo sobre nossa história uma camada de pó e fuligem.

Neste caso, só a mão do Restaurador fiel, com Seu cuidado, misericórdia e amor, é capaz de nos restaurar. Quando isso acontecer, faremos uma selfie da alma, para todo mundo ver o antes e o depois, e se espantarem a nosso respeito, eles dirão: realmente, Deus existe e ama esta criatura!

Pose para a selfie: o antes e o depois

Mais vistos

Fale com os editores:
E-mail: editora@batistarenscer.com


Editado e publicado no Brasil por:
Igreja Batista Renascer.
Telefone: (62) 3202- 4968

2020 - Desenvolvido pelo Depto. de Marketing da Igreja Batista Renascer.

Topo